Notícias | Dia a dia
Série de vitórias após cirurgia anima Kuznetsova
05/08/2018 às 12h33

Em Washington, Kuznetsova disputa sua primeira final desde que operou o punho

Foto: Divulgação

Washington (EUA) - Finalista do WTA de Washington, Svetlana Kuznetsova vive seu melhor momento desde que operou o punho no ano passado. A ex-número 2 do mundo e atual 128ª colocada tinha apenas quatro vitórias na temporada antes da ótima campanha na capital norte-americana, onde já venceu outros quatro jogos.

"Eu não esperava um resultado tão bom tão rápido, porque eu não vinha jogando bem depois da minha e da minha cirurgia, então levei algum tempo para voltar", disse Kuznetsova após a vitória por duplo 6/2 sobre a alemã Andrea Petkovic na semifinal. "Fiz uma boa preparação antes do torneio e estou me sentindo ótima", afirma a russa de 33 anos.

Depois de começar a sentir o incômodo no punho durante o US Open do ano passado, Kuznetsova até tentou jogar dois torneios na China, em Wuhan e Pequim, mas perdeu na estreia em ambos e encerrou sua temporada. Já em 2018, a russa não disputou o Australian Open, retornou ao circuito apenas em Indian Wells e só voltaria a vencer no saibro de Istambul em abril.

"Acho que me apressei um pouco. Eu me machuquei há quase um ano no US Open e, depois disso, levei tempo para decidir fazer minha primeira cirurgia. Depois da cirurgia, demorou um tempo para voltar porque eu não estava 100% pronta. Estou apenas começando a recuperar minha forma física e meu jogo agora".

Campeã de dois Grand Slam e dona de 17 títulos no circuito, Kuznetsova disputará a 41ª final da carreira. A russa já venceu o torneio de Washington em 2014 e vive um jejum de títulos desde janeiro de 2016 em Sydney. Ela enfrenta às 18h (de Brasília) deste domingo a croata Donna Vekic, jovem de 22 anos e 44ª do ranking. As duas já duelaram duas vezes, com uma vitória para cada lado.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis