Notícias | Dia a dia
Kuznetsova salva 4 match points e conquista Washington
05/08/2018 às 20h51

Kuznetsova comemora seu 18º título, o primeiro desde que operou o punho

Foto: Arquivo

Washington (EUA) - A ótima semana de Svetlana Kuznetsova no WTA de Washington foi concluída com a conquista de seu segundo título na capital norte-americana. Vencedora do evento também em 2014, a russa precisou lutar por 2h31 e salvou quatro match points na vitória por 4/6, 7/6 (9-7) e 6/2 contra a croata Donna Vekic.

Campeã de dois Grand Slam, Kuznetsova venceu seu 18º título no circuito e o primeiro desde outubro de 2016 em Moscou. Ex-número 2 do mundo, a experiente jogadora de 33 anos aparece atualmente apenas no 128º lugar do ranking.

A russa passou por uma operação no punho no ano passado, só voltou a competir em Indian Wells e tinha apenas quatro vitórias em 2018 antes do torneio. Com os 280 pontos, ela se aproxima do grupo das 70 melhores do mundo.

Por sua vez, Vekic disputou a sexta final de sua carreira profissional. A croata de 22 anos tem dois títulos, o último na grama de Nottingham no ano passado. Atual 44ª colocada, ela deve superar seu recorde pessoal, que foi o 42º lugar alcançado em junho. Desde o início do ano, ela treina com o técnico alemão Torben Beltz, que trabalhou muito tempo com a ex-número 1 Angelique Kerber.

Vekic foi a jogadora mais agressiva em quadra durante o set inicial. Primeira a quebrar, ela assumia o controle das ações do fundo de quadra e dominava os pontos. Depois de perder duas oportunidades de ampliar a vantagem quando liderava por 4/1, a croata foi quebrada no momento em que sacava para o set, mas voltaria a quebrar depois de contar com uma tentativa mal sucedida de saque e voleio da russa. A contagem de winners foi liderada por Vekic por 17 a 11, com 13 erros contra 14 da rival.

O segundo set seguiu inteiramente sem quebras e Vekic só teve o serviço ameaçado uma vez. Kuznetsova venceu 21 dos 24 pontos jogados com seu primeiro saque, com aproveitamento de 88%, mas vinha vulnerável com o segundo saque. A russa foi enfrentar chances de quebra exatamente quando perdia por 5/4, mas escapou de dois match points e confirmou o saque. Já durante o tiebreak, salvou o terceiro match point com um winner de devolução e o quarto contando com um erro da adversária.

As oportunidades perdidas comprometeram demais o desempenho de Vekic no início do set decisivo. Acumulando erros não-forçados, a croata sofreu duas quebras seguidas e viu Kuznetsova liderar por 5/0. Sacando para o jogo, a russa sofreu uma quebra de zero, mas a vantagem construída foi suficientemente confortável para a vitória. Vekic liderou nos winners por 40 a 34, mas cometeu 48 erros não-forçados contra 36 da russa.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis