Notícias | Dia a dia
Shapovalov não repete grande campanha e se despede
09/08/2018 às 21h29

Shapovalov sairá do top 30, mas não fica tão distante de seu melhor ranking

Foto: Divulgação

Toronto (Canadá) - Sensação da edição passada do Masters 1000 do Canadá ao eliminar favoritos e só cair na semifinal do torneio, Denis Shapovalov não repetiu sua ótima campanha da última temporada. O jovem canadense foi eliminado nas oitavas de final depois da derrota por 7/5 e 6/2 para o holandês Robin Haase.

A eliminação de Shapovalov também siginifica o fim da participação canadense. O tradicional evento no Canadá faz parte do calendário profissional da ATP desde 1969, pouco depois de iniciada a Era Aberta do tênis e nunca foi vencido por um jogador da casa. Recentemente, em 2013, Milos Raonic ficou com o vice-campeonato depois de perder para Rafael Nadal na final.

Como conseguiu defender apenas 90 pontos dos 360 que tinha a descontar, Shapovalov deverá perder algumas posições. Atual 26º colocado no ranking, o canadense de 19 anos deixará o top 30 do ranking da ATP. Ainda assim, o atleta da casa não fica tão distante de seu recorde pessoal, que foi o 23º lugar alcançado em junho.

O experiente Haase também está muito perto do melhor ranking da carreira. O holandês de 31 anos ocuap atualmente o 39º lugar e fica cada mais próximo de igualar a 33ª posição, alcançada em julho de 2012. O adversário de Haase nas quartas será o russo Karen Khachanov, jovem de 22 anos e 38º colocado, que derrotou o cabeça 8 norte-americano John Isner por 7/6 (7-5) e 7/6 (7-1). O encontro entre o russo e o holandês é inédito no circuito.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis