Notícias | Copa Davis
'Nova Davis' está desenhada e pronta para aprovação
10/08/2018 às 13h50

Orlando (EUA) - Na próxima semana, no dia 16 de agosto, será votada a polêmica proposta de mudança no formato da Copa Davis, que entraria em vigor já no próximo ano. Uma assembleia da ITF com as federações nacionais irá definir como será gerido o plano de negócio de 25 anos no valor de US$ 3 bilhões entre a entidade que comanda o tênis e o fundo de investimentos Kosmos.

“Este é um período empolgante na ITF, com uma variedade de projetos que serão demonstrados às federações nacionais. Estamos comprometidos em deixar para as próximas gerações reformas no tênis que irão transformar a Copa Davis em um evento ainda mais importante e com um futuro brilhante”, disse David Haggerty, presidente da ITF.

A proposta da ITF é fazer uma mudança radical na mais tradicional competição entre nações do tênis mundial, o que tem dividido opiniões. Os mais tradicionalistas pedem a manutenção do atual e consagrado formato, ao passo que do outro lado defendem alterações para deixar o torneio um pouco mais enxuto e atraente para as grandes estrelas, que têm deixado de lado a Davis.

Veja as propostar para a 'Nova Copa Davis':

- Criação de uma fase final anual da Copa Davis em um local na Europa, onde seriam coroados os campeões mundiais daquela temporada

- Criação de um novo evento de qualificação envolvendo 24 equipes em uma disputa com jogos dentro e fora de casa disputado em fevereiro, com as nações vencedoras chegando às finais e as nações perdedoras indo para o Zonal

- Fase final com 18 equipes, com 12 equipes definidas através de qualificação, mais os quatro semifinalistas do ano anterior e dois convidados. Eles serão divididos em seis grupos de três equipes seguidas de quartas de final, semifinais e final

- Os seis vencedores do grupo, além de dois segundos colocados com os melhores desempenhos, baseados nos sets vencidos e nos jogos vencidos, irão se classificar para as quartas de final

- As equipes colocadas em 17º e 18º serão imediatamente relegadas aos Zonais, enquanto as 12 equipes colocadas de 16 a 5 participarão do evento classificatório do ano seguinte

- Os confrontos na fase final consistem em dois jogos de simples e um de duplas, todos jogados em um dia. Os duelos no evento classificatório e nos Grupos de Zona I e II consistem em quatro partidas individuais e uma partida em duplas, jogadas em dois dias

- As partidas de simples em todos os níveis da competição serão em melhor de três sets e com tiebreak. Já nas duplas será adotado o padrão da ATP, com melhor de três, sendo o terceiro set um match-tiebreak

Comentários
Faberg
Roland Garros Series