Notícias | Dia a dia
Halep bate Stephens de novo e ganha 3º do ano
12/08/2018 às 17h25

Halep conquista segundo título em Montréal

Foto: Arquivo

Montréal (Canadá) - A norte-americana Sloane Stephens não sabe mesmo como deter Simona Halep. A número 1 do ranking chegou a perder oito games de serviço na final do Premier de Montréal, mas ainda assim levou seu terceiro título da temporada e o 18º da carreira, ao derrotar pela sétima vez Stephens, a sexta consecutiva desde 2013, pelo placar de 7/6 (8-6), 3/6 e 6/4, após 2h39.

Em sua terceira final no Canadá, Halep conquistou o segundo título seguido em Montréal, tendo perdido uma decisão em Toronto, a sede que se alterna e tem um piso um pouco mais veloz. A romena já havia faturado nesta temporada os títulos de Roland Garros e Shenzhen. A norte-americana ganhou apenas Miami desde que conquistou o US Open, pontos que terá de defender dentro de duas semanas.

O primeiro set foi uma intensa gangorra das duas jogadoras, que alternaram não apenas domínio no placar mas chances perdidas. Halep chegou rapidamente a 4/1, com duas quebras, mas perdeu dois serviços seguidos até o 4/4, em games longos e cheios de oportunidades. O jogo, marcado por intensas trocas e mínimas variações, viu mais uma troca de quebras até que Stephens virou para 6/5 e teve dois set-points. A decisão foi ao tiebreak não menos indefinido. Até o 6-6, cada tenista havia perdido quatro serviços até que enfim Halep jogou dois pontos corajosos e fechou a série.

A tônica se manteve na abertura do segundo set, com mais três serviços tirados em sequência, até enfim Stephens se estabilizou no fundo de quadra e manteve a vantagem até obter outra quebra e fechar por 6/3. O curioso é que a romena acertava muito mais primeiros serviços (81% contra 70%) e ainda assim tinha grande dificuldade em confirmar serviços por uma postura muito defensiva, a ponto de ter anotado um único winner.

A líder do ranking manteve a cabeça fria e saiu à frente no terceiro set com uma atitude menos passiva. Ainda perdeu outro game de serviço, mas Stephens já não parecia ter pernas e consistência para suportar o volume de jogo da adversária, mas continuou lutando. Favoreceu-se dos nervos de Halep para ainda encostar, após salvar três match-points, até que Halep cravou seu quarto ace para ficar com o título e o prêmio de US$ 520 mil.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis