Notícias | Dia a dia
Atual campeã, Muguruza cai na estreia e sai do top 10
15/08/2018 às 17h25

Muguruza não estará entre as principais cabeças de chave em NY

Foto: Divulgação

Cincinnati (EUA) - Depois de desistir de jogar em San José e Montréal por conta de uma lesão no braço direito, Garbiñe Muguruza voltou às quadras nesta quarta-feira para fazer sua estreia no WTA Premier de Cincinnati. Atual campeã do torneio, a espanhola fazia seu primeiro jogo desde Wimbledon e sentiu o peso das cinco semanas de inatividade. A número 9 do mundo perdeu de virada para a ucraniana Lesia Tsurenko, 44ª colocada, por 2/6, 6/4 e 6/4 em exatas duas horas de partida.

Aos 29 anos, Tsurenko marcou sua sexta vitória contra top 10 na carreira e a primeira na temporada. Esta é a segunda vez em quatro confrontos que a ucraniana derrota Muguruza, repetindo o que já havia feito há três anos em Toronto. Ela enfrenta nas oitavas a russa Ekaterina Makarova, ex-top 10 e atual 49ª do ranking, que derrotou a francesa Alizé Cornet por 6/2 e 6/0.

Como defendia 900 pontos em Cincinnati, Muguruza perderá posições e deixará o grupo das dez melhores jogadoras do mundo pela primeira vez desde julho de 2017. A espanhola, que chegou a liderar o ranking mundial durante quatro semanas entre setembro e outubro do ano passado, aparacerá fora da relação das oito principais cabeças de chave do US Open.

A temporada de Muguruza tem 22 vitórias e treze derrotas, com apenas um título conquistado no WTA International de Monterrey. Ela também decidiu o Premier de Doha, em fevereiro. Nos Grand Slam, destaque para uma campanha até a semifinal de Roland Garros, já que ela foi eliminada na segunda rodada na Austrália e em Wimbledon.

Com sete aces e nove duplas faltas na partida, Muguruza oscilou bastante em seu saque. Além disso, a espanhola venceu apenas oito dos 29 pontos jogados com seu segundo serviço, com aproveitamento de apenas 28%. Vulnerável, a ex-líder do ranking enfrentou treze break points na partida e teve o serviço quebrado quatro vezes. A espanhola terminou a partida com 22 winners, dois a mais que sua adversária, mas cometeu 43 erros não-forçados contra 34 da ucraniana.

Sem sofrer quebras ao longo do set inicial, Muguruza criou break points e aproveitou duas dessas chances para vencer quatro games seguidos. Os problemas com o saque começaram a aparecer na parcial seguinte, quando a espanhola só venceu três pontos em doze com o segundo serviço e foi quebrada duas vezes. Além disso, Muguruza fez apenas cinco winners e cometeu 14 erros não-forçados no set.

O terceiro set também começou favorável à espanhola, que tentava explorar o lado direito de Tsurenko, já que a ucraniana vinha muito firme com o backhand. Muguruza venceu os três primeiros games do set decisivo e chegou a liderar o placar por 4/1, mas muito mal com o segundo saque, venceu apenas um ponto em sete possíveis perdeu a quebra de vantagem depois de cometer uma dupla falta no break point. A igualdade no placar deu confiança a Tsurenko, que teve uma atuação segura do fundo de quadra e esperou pelos erros da espanhola terminar o jogo vencendo cinco games seguidos. 

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis