Notícias | Dia a dia | US Open
Djoko pode ficar no quadrante de Nadal ou Federer
21/08/2018 às 15h16

Bicampeão do US Open, Djokovic será o sexto cabeça de chave no último Grand Slam da temporada

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - O recente título do Masters 1000 de Cincinnati e a subida do décimo para o sexto lugar do ranking mundial ainda não foi suficiente para tirar Novak Djokovic do caminho dos principais favoritos no US Open. O sérvio pode até mesmo cair no quadrante dos dois líderes do ranking, Rafael Nadal e Roger Federer. O sorteio para a definição da chave será na quinta-feira.

Cabeça 6 em Nova York, Djokovic pode enfrentar um dos quatro primeiros colocados caso chegue às quartas de final. Além das opções de enfrentar Nadal ou Federer, o bicampeão do Grand Slam norte-americano ainda pode entrar na rota de Juan Martin del Potro ou Alexander Zverev.

Diferente do que aconteceu no ano passado, Nadal e Federer certamente estarão em lados opostos da chave e só podem se enfrentar na final. Atual campeão, Nadal era o cabeça 1 do torneio do ano passado, enquanto o suíço foi o terceiro favorito e poderia enfrentar o rival já na semi, mas acabou perdendo para Del Potro na rodada anterior.

A lista dos oito principais cabeças de chave ainda inclui o atual vice-campeão Kevin Anderson, o vencedor de 2014 Marin Cilic e o atual campeão do ATP Finals Grigor Dimitrov. Entre as posições 9 e 16 aparecem nomes como o norte-americano John Isner e os jovens jogadores Stefanos Tsitsipas e Kyle Edmund.

Nomes como Kei Nishikori e Hyeon Chung estão entre as posições 17 e 24. Eles cruzam o caminho de alguém entre o 9º e o 16º lugar na terceira rodada e só podem enfrentar alguém entre os oito primeiros nas oitavas de final. O último grupo de cabeças de chave, entre o 25º e o 32º lugar tem jogadores como Milos Raonic e Nick Kyrgios, que podem enfrentar alguém do top 8 já na terceira rodada.

Confira a lista de cabeças de chave no torneio masculino do US Open.

1. Rafael Nadal (Espanha)
2. Roger Federer (Suíça)
3. Juan Martin del Potro (Argentina)
4. Alexander Zverev (Alemanha)
5. Kevin Anderson (África do Sul)
6. Novak Djokovic (Sérvia)
7. Marin Cilic (Croácia)
8. Grigor Dimitrov (Bulgária)

9. Dominic Thiem (Áustria)
10. David Goffin (Bélgica)
11. John Isner (Estados Unidos
12. Pablo Carreno Busta (Espanha)
13. Diego Schwartzman (Argentina)
14. Fabio Fognini (Itália)
15. Stefanos Tsitsipas (Grécia)
16. Kyle Edmund (Grã-Bretanha)

17. Lucas Pouille (França)
18. Jack Sock (Estados Unidos)
19. Roberto Bautista Agut (Espanha)
20. Borna Coric (Croácia)
21. Kei Nishikori (Japão)
22. Marco Cecchinato (Itália)
23. Hyeon Chung (Coreia do Sul)
24. Damir Dzumhur (Bósnia e Herzegovina)

25. Milos Raonic (Canadá)
26. Richard Gasquet (França)
27. Karen Khachanov (Rússia)
28. Denis Shapovalov (Canadá)
29. Adrian Mannarino (França)
30. Nick Kyrgios (Austrália)
31. Fernando Verdasco (Espanha)
32. Filip Krajinovic (Sérvia)

Comentários