Notícias | Dia a dia | US Open
Monteiro vence japonês na primeira fase do quali
22/08/2018 às 18h44

Monteiro terá adversário francês na segunda rodada do qualificatório

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Em seu primeiro jogo no qualificatório para o US Open, Thiago Monteiro precisou lutar por 2h14, mas garantiu a vitória na estreia. Número 1 do Brasil e 119º do ranking, o cearense de 24 anos derrotou o japonês Tatsuma Ito, 165º colocado, por 7/5, 6/7 (5-7) e 6/2.

A vitória na primeira rodada do quali em Nova York vale 8 pontos no ranking mundial, com possibilidade de 16 com mais uma vitória e 25 pela vaga na chave principal. Monteiro tem dez pontos a defender durante o Grand Slam norte-americano, já que entrou diretamente na chave no ano passado, mas caiu ainda na rodada de estreia.

Garantido na segunda fase do qualificatório, Monteiro enfrentará o francês Calvin Hemery. O cearense tem uma vitória e uma derrota contra Hemery, jovem de 23 anos e 189º do ranking, em jogos válidos pelo challenger francês de Blois em 2016 e 2017.

Monteiro teve um bom começo de partida e quebrou o serviço de Ito logo no game de abertura. Embora tenha permitido o empate por 2/2, o cearense conseguiu ser firme no saque durante a sequência do set. O canhoto de Fortaleza só perderia mais quatro pontos em seus games de serviço até o fim da parcial e conseguiu mais uma quebra já no 11º game antes de definir a parcial. Ao longo do set inicial, Monteiro venceu 14 dos 18 pontos jogados com seu primeiro serviço.

Depois de perder algumas oportunidades de quebra no começo do segundo set, Monteiro teve o serviço quebrado e viu o rival liderar por 4/2, mas conseguiu devolver a quebra de imediato. Os games seguintes ficaram mais longos, especialmente no saque do japonês, que chegou a fazer duas duplas faltas no 5/5, mas a definição ficou para o tiebreak. O game-desempate teve oportunidades para ambos os lados e Monteiro esteve perto da vitória quando liderou por 5-4, mas perdeu dois pontos seguidos em seu saque e permitiu a virada do japonês no set.

A perda de um set não foi suficiente para que Monteiro perdesse a confiança. Por outro lado, Ito baixou um pouco a intensidade e oferecia menos resistência aos games de serviço do cearense. O número 1 do Brasil cedeu apenas oito pontos, sendo somente quatro quando colocou o primeiro saque em quadra, salvou dois break points e aproveitou as duas oportunidades de quebra que teve.

Comentários