Notícias | Dia a dia | US Open
Após bom começo, Bia perde na 2ª rodada do quali
23/08/2018 às 19h47

Bia seguirá nos Estados Unidos e jogará torneio em Chicago

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A participação de Beatriz Haddad Maia no qualificatório do US Open chegou ao fim nesta quinta-feira, com a queda na segunda rodada. A número 1 do Brasil e 132ª do ranking foi eliminada pela canadense Françoise Abanda após a derrota por 7/6 (7-3) e 6/3 em 1h43 de partida.

Por ter vencido um jogo no quali em Nova York, a paulistana receberá 20 pontos no ranking. Isso já é mais que o total do ano passado, quando entrou diretamente na chave por conta do ranking, mas caiu na estreia e fez apenas dez pontos. Ela seguirá nos Estados Unidos e jogará um torneio de US$ 125 mil em Chicago, depois segue para o WTA de Quebec, no Canadá.

O quali do US Open é apenas o segundo torneio que Bia disputa desde a cirurgia que fez no final de maio para sanar as dores de uma hérnia de disco lombar. Agora com sete vitórias em 18 jogos na temporada, por torneios da WTA ou ITF, a paulistana de 22 anos tem sofrido com lesões. Depois de alançar o melhor ranking da carreira em setembro do ano passado, quando foi a 58ª colocada, e repetir essa marca em fevereiro, Bia começou a temporada de saibro abandonando seu jogo de estreia em Charleston por conta de uma lesão no punho esquerdo e passou três semanas sem jogar, antes de atuar em Praga e Madri.

Bia teve um bom começo de jogo e tinha o controle dos pontos por conta de seu jogo agressivo. Ela quebrou logo no game de abertura, mas permitiu o empate por 2/2. Depois disso, a canhota paulista só enfrentaria mais um break point e teve oportunidades de quebra em outros dois games de saque da canadense, mas não aproveitou as oportunidades. O tiebreak da brasileira foi muito ruim, com seis erros não-forçados, além de um lance de sorte da canadense, com um winner que tocou na fita no set point.

Seis games do segundo set seguiram sem break points. Entretanto, enquanto a canadense só havia perdido um ponto em seus três primeiros games de serviço na parcial, Bia vinha com dificuldades para confirmar o saque. Isso culminou na quebra conquistada por Abanda já no sétimo game após um winner de devolução. A brasileira teve a chance do empate na sequência, mas não aproveitou e voltaria a perder o saque na sequência e ter sua eliminação decretada.

Comentários