Notícias | Dia a dia | US Open
Monteiro perde chances e se despede do US Open
23/08/2018 às 21h42

Monteiro não aproveitou os dez break points que teve no jogo

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Último brasileiro restante no qualificatório do US Open, Thiago Monteiro se despediu na segunda rodada. O cearense de 24 anos e 119º do ranking não confirmou a condição de cabeça 11 do quali e perdeu por 7/6 (7-5) e 6/3 em 1h33 para o francês de 23 anos e 189º colocado Calvin Hemery.

Assim como Monteiro, o gaúcho Guilherme Clezar também caiu na segunda rodada do qualificatório masulino em Nova York, enquanto Rogério Dutra Silva não passou estreia. No feminino, apenas a canhota paulista Beatriz Haddad Maia jogou o quali e caiu na segunda fase.

Por ter vencido o jogo contra o japonês Tatsuma Ito na última quarta-feira, Monteiro receberá oito pontos no ranking do dia 10 de setembro. Nessa data, ele terá dez pontos a descontar referentes à sua participação na edição passada do Grand Slam americano. O canhoto de 24 anos chegou a ocupar o 74º lugar do ranking em fevereiro do ano passado.

Depois de disputar a chave principal de todos os Grand Slam em 2017, com direito a vitórias na estreia em Roland Garros e Wimbledon, Monteiro foi eliminado ainda na fase qualificatória dos quatro maiores torneios da atual temporada.

Monteiro teve um bom desempenho no saque durante o primeiro set, ao enfrentar apenas um break point e confirmar seus seis games de serviço com apenas sete pontos perdidos. Entretanto, o cearense não aproveitou as nove oportunidades de quebra que teve ao longo da parcial e perdeu dois pontos cruciais no saque durante o tiebreak.

Logo na abertura do segundo set, Monteiro teve mais chance de quebra e não aproveitou. Para piorar o cearense perdeu o saque de zero logo na sequência e viu o rival liderar por 3/0. Depois disso, o cearense só venceria mais três pontos no saque do adversário e não evitou a derrota.

Comentários