Notícias | Dia a dia
Teliana cai nas quartas e volta ao Brasil, Cé perde semi
24/08/2018 às 14h27

Teliana será comentarista do US Open pela ESPN nas próximas duas semanas

Foto: Arquivo

Braunschweig (Alemanha) - Chegou ao fim nesta sexta-feira a série de torneios de Teliana Pereira no saibro europeu. A pernambucana foi eliminada nas quartas de final do ITF de US$ 25 mil na cidade alemã de Braunschweig após a derrota por 6/0 e 6/3 para a tcheca de 20 anos Anastasia Zarycka, 346ª colocada.

A campanha no saibro alemão foi a melhor que Teliana teve na temporada, com duas vitórias no quali e mais duas na chave principal. Em 2018, a pernambucana conseguiu seis vitórias em chaves principais de torneios. Considerando também os qualificatórios, ela venceu 19 jogos e perdeu dez na temporada.

Dona de dois troféus de nível WTA, conquistados em Bogotá e Florianópolis em 2015, Teliana já foi a número 43 do mundo e aparece atualmente no 709º lugar do ranking. Nas últimas duas semanas ela atuou em Las Palmas de Gran Canaria, na Espanha, com uma queda ainda no quali e outra na primeira rodada da chave principal.

Teliana retorna ao Brasil por duas semanas e será comentarista da emissora ESPN durante o US Open. Depois disso, a jogadora de 30 anos voltará à Europa para mais uma série de torneios.

Gabi cai na semi - A canhota gaúcha Gabriela Cé foi eliminada na semifinal do ITF de US$ 15 mil disputado no saibro de Lambare, no Paraguai. Nesta sexta-feira, Cé caiu diante da chilena Fernanda Brito, principal cabeça de chave do torneio e 338ª do ranking, por 6/2 e 6/3.

Cé foi superada por Brito nos últimos três torneios que disputou, dois deles no Equador onde teve um vice-campeoanto e uma semifinal, e neste evento no Paraguai. A gaúcha de 25 anos aparece atualmente no 593º lugar do ranking, mas ainda está distante de seu recorde pessoal, que foi o 225ª posição alcançado em 2014.

Ainda nesta sexta-feira, a paulista Rebeca Pereira joga a final de duplas ao lado da chilena Barbara Gatica. Elas enfrentam a também chilena Fernanda Brito e a paraguaia Camila Campiz.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis