Notícias | Dia a dia | US Open
Robredo fura quali e tenta volta por cima aos 36 anos
24/08/2018 às 16h00

Nova York (EUA) - Ex-top 5 e dono de 12 títulos no circuito da ATP, com destaque para o Masters de Hamburgo, em 2006, o espanhol Tommy Robredo não tem vivido seus melhores dias ultimamente. Ocupando atualmente a modesta 193ª colocação no ranking ele tenta dar a volta por cima aos 36 anos pois de enfrentar uma inoportuna lesão no cotovelo.

O primeiro passo para buscar essa recuperação foi dado no qualificatório do US Open, onde venceu os três jogos que disputou, o último deles nesta sexta-feira contra o francês Nicolas Mahut, anotando parciais de 6/3, 2/6 e 6/3. Robredo garantiu assim um lugar na chave principal, voltando a um Grand Slam desde Roland Garros 2017.

Depois de viver bons anos entre 2013 e 2015, período em que voltou para o top-20 e conseguiu bater rivais do porte do suíço Roger Federer e do sérvio Novak Djokovic, o veterano espanhol viu sua boa sequência ruir ao lesionar o cotovelo. No retorno ao circuito os resultados não vieram de imediato e Robredo tem lutado semana atrás de semana para recuperar o ranking.

Com um calendário em que os torneios challenger predominam, Robredo venceu um torneio deste nível na atual temporada, em Lisboa. Ele tentou a chance em qualis de ATP, mas se deu mal nos cinco que disputou, também não conseguindo avançar no classificatório de Roland Garros. O único torneio de primeiro nível que jogou foi o ATP 500 Barcelona graças a um convite, caindo na estreia.

Comentários