Notícias | Dia a dia | US Open
US Open aplica regra do calor também aos homens
28/08/2018 às 20h21

Djokovic foi um dos beneficiados pela nova regra

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Pela primeira vez na história do US Open, a regra do calor extremo foi aplicada também para os jogos da chave masculina. Em uma terça-feira com temperaturas ultrapassando os 37º C, ou 100 Fahrenheit, como os norte-americanos costumam priorizar, foi concedido um intervalo de dez minutos entre o terceiro e o quarto set das partidas.

Em uma breve entrevista coletiva nesta terça-feira, Chris Widmaier, diretor administrativo de comunicações corporativas da Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA), explicou que a decisão será avaliada a cada dia de torneio.

"Eu não acredito que teremos uma política concreta, por escrito, na regra do calor extremo para os homens antes de o US Open terminar. Por enquanto, vamos ver o que acontece e atuaremos caso a caso. Então, amanhã saberemos se vamos implementar a política de calor extremo para os homens pela segunda vez".

A regra do calor extremo já faz parte de todo o circuito feminino, pois está descrita e regulamentada no livro de regras da WTA. De acordo com o texto, é feito um intervalo de dez minutos entre o segundo e o terceiro set das partidas em dias em que a o chamado 'índice de estresse por calor', medido ao levar em consideração a temperatura e a umidade relativa do ar, passa de 30 graus. Já nos casos em que a sensação supera os 40 graus, os jogos são sumariamente suspensos.

O sérvio Novak Djokovic e o húngaro Marton Fucsovics, que duelaram na tarde desta terça-feira no Arthur Ashe Stadium, estavam entre os homens beneficados pela nova regra. "Quero agradecer ao US Open por nos permitir um intervalo de 10 minutos, porque nós dois precisávamos", disse Djokovic na quadra após a vitória por 6/3, 3/6, 6/4 e 6/0 pela primeira rodada em Nova York.

"Não pudemos conversar com nenhum de nossos times no vestiário", explica o ex-número 1 do mundo, que relatou a situação curiosa. "Estávamos nus, um ao lado um do outro, nas banheiras de gelo depois de lutar por três sets e duas horas e meia, sem que o jogo tivesse terminado. Foi um sentimento magnífico, devo dizer", riu o sérvio, que enfrentará na segunda rodada o norte-americano Tennys Sandgren.

Comentários