Notícias | Dia a dia | US Open
Federer vence fácil e mantém escrita na estreia
28/08/2018 às 22h09

Federer só foi ter o serviço quebrado quando já vencia o terceiro set por 5/2

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em ritmo de treino, Roger Federer venceu seu jogo de estreia no US Open. Em duelo pouco competitivo, o suíço precisou de 1h50 para marcar uma tranquila vitória por 6/2, 6/2 e 6/4 contra o japonês de 22 anos e 177º colocado Yoshihito Nishioka, que disputa o Grand Slam norte-americano com o ranking protegido depois de ficar dez meses sem jogar por lesão no joelho esquerdo.

Em sua 18ª participação no US Open, Federer mantém a escrita de nunca ter perdido na primeira rodada. O suíço tem apenas seis eliminações em estreias de Grand Slam, todas ainda no início de sua carreira. A mais recente aconteceu no saibro de Roland Garros em 2003, pouco mais de um mês antes de vencer o primeiro de seus 20 títulos de Slam em Wimbledon.

Federer enfrenta na próxima rodada em Nova York o francês Benoit Paire, 56º do mundo, que derrotou o austríaco vindo do quali e 140º colocado Dennis Novak por 7/6 (8-6), 3/6, 7/5 e 7/6 (7-5). O número 2 do mundo venceu todos os seis duelos anteriores contra Paire, jogador de 29 anos, e perdeu apenas um set para o francês.

Cinco vezes campeão do US Open, Federer tenta voltar a vencer o Grand Slam norte-americano depois de uma década. O suíço tem chance de voltar à liderança do ranking mundial, caso conquiste o título do Grand Slam norte-americano e conte com a eliminação do atual número 1 Rafael Nadal antes da semifinal.

Logo no começo da partida, Federer ganhou o sorteio e escolheu receber o saque do japonês. A incomum estratégia do suíço acabou dando resutaldo, já que ele conseguiu uma quebra logo no game de abertura. Diante da fragilidade do saque do canhoto japonês, Federer, foi ofensivo o tempo todo e rapidamente voltaria a quebrar para liderar por 4/1. O suíço teve um set point no saque do adversário quando vencia por 5/1, mas só fecharia o set no game seguinte.

A situação pouco mudou no segundo set. Federer venceu doze dos primeiros quinze pontos disputados e já começou vencendo por 3/0 com duas quebras. O suíço vinha trabalhando muito bem do fundo de quadra e reduzindo o número de erros. Até mesmo em um game que começou muito ruim, o pentacampeão reverteu um 0-40 com uma sequência de ótimos saques. Com margem confortável no placar, o ex-número 1 pôde até começar a testar variações táticas e de saque, além de ir com ainda mais frequência à rede.

O jogo continuou muito tranquilo para Federer, que confirmou seus dois primeiros games de serviço perdendo apenas um ponto e conseguiu duas novas quebras contra o saque de Nishioka. O japonês salvou três break points quando já perdia por 4/0 e teve duas chances para devolver uma das quebras, mas não as aproveitou. O canhoto asiático ainda salvou dois match points em seu serviço quando já perdia por 5/1 e até devolveu uma das quebras na saquência, mas a ampla vantagem construída pelo suíço foi suficientemente confortável. Federer liderou a estatística de winners por 56 a 18, disparou 14 aces na partida contra nenhum do adversário.

Comentários