Notícias | Dia a dia | US Open
Cornet não levará multa por tirar camisa em quadra
29/08/2018 às 13h11

Nova York (EUA) - A partida de primeira rodada entre Alizé Cornet e Johanna Larsson, na última terça-feira, chamou a atenção por um momento bastante curioso. Na virada do segundo para o terceiro set, a francesa saiu de quadra para trocar o uniforme, mas quando se preparava para receber o saque da sueca no recomeço da partida percebei que havia colocado a camiseta do lado errado.

Cornet não hesitou e tirou a parte de cima mesmo dentro de quadra para colocar do lado certo, até porque estava trajando um top por debaixo da blusa. Mesmo assim, ela foi repreendida pela arbitragem que deu um ‘aviso’ e a enquadrou em uma 'Violação do Código de Vestimenta', que poderia acarretar em uma punição ou multa para a francesa.

Nesta quarta-feira, a direção do US Open tratou de divulgar um comunicado sobre a política de mudança de trajes e garantiu que Cornet não receberá punição alguma a não ser a que levou na hora do jogo. “Todos os jogadores podem trocar de camiseta enquanto estão sentados na cadeira e isso não é considerado uma violação do código”, disse o comunicado.

“Nós nos arrependemos de ter dado uma 'Violação do Código' a Srta. Cornet ontem. Felizmente, ela ficará apenas com o aviso dado em quadra e não receberá nenhuma penalidade ou multa. As jogadoras, se quiserem, podem também trocar de camiseta em um local mais privado próximo à quadra se quiserem”, finalizou.

Com o anúncio da organização do Grand Slam norte-americano, a única notícia ruim para a francesa em relação jogo foi mesmo o placar. Apesar de ter vencido o primeiro set, ela levou a virada de Larsson e acabou superada com o placar final de 4/6, 6/3 e 6/2. A sueca terá agora pela frente a alemã Angelique Kerber, quarta mais bem cotada ao título.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series