Notícias | Dia a dia | US Open
Bruno Soares terá Svitolina como parceira nas mistas
29/08/2018 às 20h36

Bruno Soares terá parceria inédita com top 10 ucraniana

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O tênis brasileiro tem dois representantes na disputa de duplas mistas no US Open. Enquanto o gaúcho Marcelo Demoliner aposta na continuidade da parceria com a experiente espanhola Maria José Martínez Sanchez, Bruno Soares jogará pela primeira vez ao lado da número 7 do mundo Elina Svitolina.

Bruno Soares tem dois títulos de duplas mistas no US Open, em 2012 com a russa Ekaterina Makarova e em 2014 com a indiana Sania Mirza. Havia possbilidade de retomar a parceria campeã com a canhota russa, como explicou o mineiro. "Decidimos jogar em cima da hora, vai ser a nossa primeira vez juntos e estamos empolgados. A Makarova vai se preservar".

A estreia de Soares e Svitolina será contra a parceria tcheca formada por Roman Jevaby e Lucie Hradecka. Em caso de vitória na estreia, o mineiro e a top 10 ucraniana pode enfrentar a dupla holandesa de Demi Schuurs e Matwe Middelkoop, cabeças 6 do torneio, e podem cruzar nas quartas com Nicole Melichar e Oliver Marach, segundos favoritos em Nova York.

Já Demoliner e Martinez Sanchez estreiam contra a tcheca Andrea Hlavackova e o francês Edouard Roger-Vasselin, cabeças 5 da competição. Eles estão no mesmo quadrante da canadense Gabriela Dabrowski e do croata Mate Pavic, principais cabeças de chave do torneio de duplas mistas.

A competição de duplas mistas não vale pontos para o ranking mundial, mas distribui US$ 505 mil. O prêmio para a parceria campeã será de US$ 155 mil, enquanto os outros dois finalistas dividem US$ 70 mil. Semifinalistas recebem US$ 30 mil, o dobro do que é pago para quem para nas quartas. A vaga nas oitavas vale US$ 10 mil, enquanto os eliminados na primeira fase ganham US$ 5 mil.

Comentários