Notícias | Dia a dia | US Open
Com grande atuação, Nadal marca vitória tranquila
30/08/2018 às 00h36

Nadal teve desempenho excepcional no saque durante o 1º set

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em seu segundo compromisso no US Open, Rafael Nadal jogou ainda melhor que na estreia, quando ficou em quadra por apenas um set e meio diante de David Ferrer. O número 1 do mundo precisou de 1h59 para despachar o canadense de 28 anos e 88º do ranking Vasek Pospisil por 6/3, 6/4 e 6/2.

Tricampeão do US Open e vencedor da última edição, Nadal faz sua 14ª participação no Grand Slam nova-iorquino. Ele só perdeu antes da terceira rodada em suas duas primeiras aparições, nos anos de 2004 e 2005. O espanhol precisa vencer mais três jogos para ser semifinalista e sustentar a liderança do ranking mundial.

O próximo adversário de Nadal será o russo Karen Khachanov, jovem de 22 anos e 26º colocado, que derrotou o italiano Lorenzo Sonego por 7/5, 6/3 e 6/3. O canhoto de Mallorca venceu os quatro duelos anteriores contra Khachanov, um deles durante a preparação para o Slam americano, na semifinal do Masters 1000 de Toronto.

Nadal teve um desempenho excepcional no saque durante o primeiro set. O espanhol colocou 87% de primeiros serviços em quadra, dependendo do segundo saque em apenas três pontos. Três também é o número de pontos que ele perdeu nos games de serviço durante a parcial. Esbanjando confiança, o número 1 do mundo mandava nos pontos e impôs uma tática agressiva também nas devoluções, que rendeu uma quebra logo no segundo game da partida para não ser mais ameaçado.

Depois de confirmar de zero seu primeiro game de saque da parcial seguinte, Nadal começou a enfrentar problemas em seu saque. Primeiro, salvou quatro break points antes de buscar o empate por 2/2. Depois, fez um game muito ruim e permitiu a primeira quebra a Pospisil. Quando liderava por 4/2, o canadense devolveu o presente ao espanhol e acumulou erros para perder o saque de zero. A oportunidade perdida custou caro a Pospisil, que saiu momentaneamente do jogo e viu Nadal vencer onze pontos seguidos e 16 dos últimos 17 jogados no set.

Nadal decidiu não dar tempo para Pospisil respirar e já começou o terceiro set com quebra de serviço. O espanhol voltou a sacar muito bem e ainda via o rival apresentar sinais de cansaço. Foi a deixa para que o número 1 do mundo apostasse em várias mudanças de direção para movimentar ao máximo o adversário. O jogo foi ficando cada vez mais fácil e terminou com tranquila vitória em três sets. Nadal liderou a contagem de winners por 26 a 22 e terminou o jogo com apenas 15 erros não-forçados. O espanhol disparou cinco aces, conseguiu cinco quebras e perdeu apenas um game de serviço em toda a partida.

Quer concorrer a um relógio Fossil? Clique aqui e palpite sobre quem vai vencer o US Open!

Comentários