Notícias | Dia a dia | US Open
Kyrgios reage após falar com juiz, Fognini perde
30/08/2018 às 16h30
Publicidade
Publicidade

Nova York (EUA) - O australiano Nick Kyrgios demorou para se motivar, teve uma inusitada conversa com o árbitro Mohamed Lahyani pouco antes de ganhar o segundo set e então virou com sobras a partida contra o francês Pierre Herbert, fechando o placar de 4/6, 7/6 (8-6), 6/3 e 6/0.

Com isso, o australiano se candidata a ser o adversário de Roger Federer já na próxima rodada, caso o cabeça 2 confirme favoritismo sobre o francês Benoit Paire. Esta é a terceira tentativa que Kyrgios terá de atingir as oitavas do US Open, tendo falhado em 2014 e 2016. Nas outras três participações, sequer passou da estreia.

Aparentemente sentindo muito a sensação térmica de 34 graus, Kyrgios acelerou demais o jogo até ver Herbert com 3/0 no segundo set. O árbitro então desceu da cadeira e teve longa conversa com o australiano, que pouco a pouco se empenhou mais. A partir do tiebreak, dominou completamente o jogo, finalizando com 14 aces, 36 winners e 44 erros.

A surpresa da tarde coube ao australiano John Millman, que mostrou jogo consistente e contou com um dia desanimado do italiano Fabio Fognini para barrar o cabeça 14 com as parciais de 6/1, 4/6, 6/4 e 6/1.

Seu adversário em busca de oitavas de final será o cazaque Mikhail Kukushkin, que encontrou pouca resistência no jovem coreano Heyon Chung, cabeça 23, e fechou com o placar de 7/6 (7-5), 6/2 e 6/3.

Este é o segundo ano consecutivo que Millman atinge a terceira rodada do US Open. O jogador de 29 anos e atual 55º do ranking tem sofrido com problemas nas costas ao longo da temporada, mas ainda assim fez sua primeira final de ATP em Budapeste. Atual 14º do ranking, Fognini tem três troféus na temporada e oitavas na Austrália e Roland Garros.

Kukushkin tem bom histórico no US Open e atinge a terceira rodada do torneio pela quarta oportunidade nos seis últimos anos. Perto dos 31 anos, ocupa o 84º posto mas já esteve no top 50 três temporadas atrás.

Quer concorrer a um relógio Fossil? Clique aqui e palpite sobre quem vai vencer o US Open!

Comentários