Notícias | Dia a dia | US Open
'Estou cada vez mais em forma', afirma Raonic
01/09/2018 às 12h33

Raonic enfrentará Isner pelo segundo Grand Slam seguido e tentará a revanche após a derrota de virada em Wimbledon

Foto: Brad Penner/USTA

Nova York (EUA) - Nesta sexta-feira, o canadense Milos Raonic teve um grande teste pela frente contra o suíço Stan Wawrinka, em que se saiu muito bem ao triunfar em sets diretos, com parciais de 7/6 (8-6), 6/4 e 6/3. Classificado para as oitavas do US Open, ele terá pela frente um duelo de sacadores com o local John Isner.

“Estou ficando cada vez mais em forma e apenas preciso entrar um pouco mais rápido nos pontos e não ser tão defensivo. Se consigo me impor na partida, posso vencer qualquer um”, comentou o otimista Raonic, que leva a pior no histórico com Isner, tendo perdido quatro dos cinco embates que travaram até então.

“Parece que ele está jogando muito bem, acho que voltou ao nível de alguns anos atrás. Ele é um excelente jogador e já provou isso em sua carreira. Já nos enfrentamos algumas vezes e sempre foi duro, com a decisão vindo nos detalhes”, comentou Isner.

Ao analisar o duelo com Wawrinka, o canadense gostou do que apresentou. ‘Acreditei que poderia aguentar seu jogo de fundo, bater revés contra revés, tomar o controle da partida e não perder quadra. Tive um pouco de sorte no primeiro set. Foi duro e fico feliz de ter passado por essa, pois estava em desvantagem naquele tiebreak”, falou Raonic.

Quer concorrer a um relógio Fossil? Clique aqui e palpite sobre quem vai vencer o US Open!

Comentários