Notícias | Dia a dia | US Open
Após começo equilibrado, Federer domina Kyrgios
01/09/2018 às 17h15

Federer marcou sua terceira vitória em quatro jogos diante do australiano

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Depois de um início de jogo muito equilibrado, Roger Federer conseguiu dominar Nick Kyrgios e passou por um duelo complicado na terceira rodada do US Open em sets diretos. Pentacampeão no US Open, e em busca de seu primeiro título desde 2008, o suíço derrotou o australiano por 6/4, 6/1 e 7/5 em 1h44 de partida.

A vitória deste sábado foi a terceira de Federer em quatro duelos diante de Kyrgios. O suíço também venceu no piso duro de Miami no ano passado e na grama de Stuttgart, em junho úlitmo, enquanto o australiano triunfou no saibro de Madri em 2015. Nos três últimos duelos aconteceram oito tiebreaks em nove sets disputados.

Federer ainda tem chances de retomar a liderança do ranking mundial depois do US Open. Para isso, ele precisa voltar a conquistar o título do Grand Slam norte-americano e torcer para que o atual campeão e número 1 do mundo Rafael Nadal não seja semifinalista. O suíço enfrenta oitavas de final o australiano de 29 anos e 55º do ranking John Millman, que derrotou o cazaque Mikhail Kukushkin por 6/4, 4/6, 6/1 e 6/3. O único duelo anterior foi disputado no começo de 2015, em Brisbane, com vitória suíça em três sets.

Os primeiros games da partida foram muito rápidos e com amplo domínio dos sacadores e seguiu nesse ritmo até o empate por 3/3. Kyrgios, por exemplo, chegou a confirmar um game de serviço em apenas 39 segundos. No sétimo game da disputa, Federer não começou tão bem e enfrentou um 0-40, mas contou com três erros do autraliano nos break points, dois deles em devoluções. O suíço ainda escaparia de mais uma oportunidade de quebra antes de confirmar o saque. Antes de sacar quando já perdia por 5/4, Kyrgios só havia perdido um ponto em seus games de serviço, mas colocou poucos primeiros saques em quadra e enfrentou chances de quebra pela primeira vez. O australiano salvou o primeiro set point com winner de forehand, mas logo depois levou passada em slice paralela que definiu a parcial.

A dinâmica do segundo set foi muito diferente. Ainda que Kyrgios tenha colocado mais primeiros serviços em quadra, aumentando seu índice de acerto de 52% para 60%, o australiano venceu apenas nove dos vinte pontos jogados em seus games de serviço. Federer mudou o estilo de devolução, passando a bloquear mais os saques do adversário e apostou em algumas curtinhas que deram resultado. O suíço estava cada vez mais solto e cometeu apenas três erros na parcial, com 16 winners. Foram duas quebras seguidas para liderar por 5/0, diante de um Kyrgios que parecia perder confiança.

Aos poucos, Kyrgios recuperava seu melhor nível de tênis e concentração, enquanto Federer até baixou um pouco a intensidade, mas seguiu sem enfrentar break points no terceiro set. O suíço teve duas chances de quebra em um longo game quando o placar empatado por 3/3. Já nos momentos finais, o suíço voltou a jogar um ótimo tênis e conquistou uma importante quebra no penúltimo game da partida.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series