Notícias | Dia a dia | US Open
Kerber é eliminada e ano terá 4 campeãs diferentes
01/09/2018 às 18h01

Kerber caiu para Domika Cibulkova na terceira rodada

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O sonho de Angelique Kerber conquistar seu quarto título de Grand Slam e o segundo no US Open foi adiado neste sábado. A ex-número 1 do mundo, e agora quarta colocada, até começou bem o duelo contra a eslovaca Dominika Cibulkova, mas permitiu a virada com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3 em 2h13 de partida. O resultado equilibra ainda mais o retrospecto entre Kerber e Cibulkova, agora com 7 a 6 a favor da alemã de 30 anos.

Com a derrota de Kerber, aliada às eliminações de Simona Halep na estreia e de Caroline Wozniacki na segunda rodada, é certo que a temporada de 2018 terá quatro campeãs de Grand Slam diferentes. Isso porque a alemã venceu Wimbledon, a romena triunfou em Roland Garros e a dinamarquesa foi campeã na Austrália. Este é o segundo ano seguido com quatro campeãs diferentes, o que já aconteceu 13 vezes na Era Aberta e 26 vezes na história do tênis feminino. Só nesta década, isso já aconteceu quatro vezes.

Cibulkova, que já foi número 4 do mundo, aparece atualmente no 35º lugar do ranking aos 29 anos. A eslovaca foi finalista do Australian Open em 2014 e chega às oitavas de final em Nova York apenas pela segunda vez em sua carreira profissional. Ela agora desafia a norte-americana Madison Keys, 14ª colocada, para quem perdeu em todos os quatro duelos anteriores.

Outra top 10 a se despedir do torneio foi Caroline Garcia. A francesa, número 6 do mundo, perdeu um duelo de 2h24 para a espanhola Carla Suárez Navarro por 5/7, 6/4 e 7/6 (7-4). Aos 30 anos, Suárez Navarro aparece no 24º lugar do ranking e já foi a sexta colocada em 2016. A experiente espanhola chega pelo terceiro ano seguido às oitavas de final em Nova York e enfrentará a vencedora da partida entre Maria Sharapova e Jelena Ostapenko.

No jogo mais rápido da rodada, Naomi Osaka marcou uma tranquila vitória por duplo 6/0 em 49 minutos contra a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich. Campeã de Indian Wells em março, Osaka tem apenas 20 anos e garantiu seu melhor resultado em três participações no US Open. A jovem japonesa venceu um jogo por duplo 6/0 apenas pela segunda vez em sua carreira profissional, sendo que a anterior foi sobre a veterana de 66 anos Gail Falkenberg no ITF de Rock Hill em 2013. Sua próxima adversária virá da partida entre Petra Kvitova e Aryna Sabalenka.

Quem também avançou foi a ucraniana Lesia Tsurenko. Algoz de Caroline Wozniacki no torneio, a ucraniana de 29 anos e 36ª do ranking marcou as parciais de 6/4 e 6/0 contra a tcheca Katerina Siniakova. Tsurenko enfrenta nas oitavas de final mais uma tcheca, a canhota de 19 anos e 103ª colocada Marketa Vondrousova.

Comentários