Notícias | Dia a dia | US Open
Sharapova cede apenas cinco games a Ostapenko
01/09/2018 às 21h52

Sharapova segue sem perder em jogos noturnos no Ashe

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Pouco mais de três meses depois de protagonizarem um duelo de 3h11 no saibro de Roma, Maria Sharapova e Jelena Ostapenko voltaram a se enfrentar neste sábado pela terceira rodada do US Open. Vencedora do duelo anterior, Sharapvoa voltou a superar a rival, com ainda mais tranquilidade e marcou 6/3 e 6/2 em apenas 1h22 de partida.

Dona de cinco títulos de Grand Slam, Sharapova já foi campeã em Nova York ainda em 2006. A russa de 31 anos, que já foi número 1 do mundo, aparece atualmente no 22º lugar do ranking mundial. Sua adversária nas oitavas será a espanhola Carla Suárez Navarro, 24ª colocada. O histórico é favorável a Sharapova, com quatro vitórias e uma derrota.

Sharapova também detém um incrível retrospecto em partidas noturnas no Arthur Ashe Stadium, ao vencer todos os 22 jogos que disputou no horário nobre. Em 2018, os três jogos da russa foram realizados à noite, mas a estreia diante de Patty Schnyder aconteceu no Louis Armstrong Stadium.

No encontro entre duas jogadoras de estilos muito parecidos, dispostas a definir os pontos com poucas trocas de bola e jogar de maneira bastante agressiva. Sharapova conseguiu estatísticas mais equilibradas, com 11 winners de 18 erros não-forçados, enquanto Ostapenko marcou apenas dez bolas vencedoras e cometeu 41 erros durante a partida. A russa liderou nos aces por 6 a 1, e terminou o jogo com cinco duplas faltas, uma a menos que a letã.

O primeiro game da partida durou 12 minutos, teve nove igualdades e Ostapenko sobreviveu a três duplas faltas e cinco break points. Mas depois disso, Sharapova estabeleceu o domínio das ações. A russa venceu cinco games seguidos perdendo apenas sete pontos nesse período. Ostapenko ainda salvou dois set points quando perdia por 5/1 e devolveu uma das quebras, mas voltou a ter dificuldades com o saque e foi quebrada pela terceira vez no set.

Uma série de quatro quebras marcou o início do segundo set. A letã esteve por duas vezes em vantagem, mas não conseguiu sustentar a liderança. Novamente a russa retomou o domínio das ações e não enfrentaria mais break points, além de seguir pressionando a letã que venceu apenas oito pontos em 23 possíveis com o próprio saque para vencer novamente cinco games seguidos.

Comentários