Notícias | Dia a dia | US Open
Nishikori vence duelo de 3h, Goffin também avança
01/09/2018 às 23h10

Nishikori não defende mais pontos até o final do ano

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em seu terceiro compromisso no US Open, Kei Nishikori perdeu um set pela primeira vez no torneio, mas garantiu seu lugar nas oitavas de final. O japonês de 28 anos, que já foi número 4 do mundo e aparece atualmente na 19ª posição, lutou por 3h18 para vencer o argentino Diego Schwartzman por 6/4, 6/4, 5/7 e 6/1.

Nishikori não defende pontos até o final do ano, já que encerrou a temporada passada ainda no início de agosto por lesão no punho direito, e por isso tem boas chances de recuperar posições nas próximas semanas. O japonês já acumula 26 vitórias e apenas treze derrotas no ano e aparece no 11º lugar na corrida por uma vaga no ATP Finals.

Finalista do US Open em 2014, Nishikori também disputou uma semifinal em 2016. Em busca de um lugar nas quartas, o japonês encara o alemão de 34 anos e 34º colocado no ranking Philipp Kohlschreiber, algoz de Alexander Zverev na competição. Nishikori venceu os dois duelos anteriores contra Kohlschreiber, a mais recente em maio, no saibro de Roma.

Quem também avançou foi David Goffin. O número 10 do mundo passou pelo alemão Jan-Lennard Struff por 6/4, 6/1 e 7/6 (7-4). Aos 27 anos, o belga faz sua sétima participação no US Open e chega às oitavas de final pelo segundo ano seguido, repetindo sua melhor campanha da carreira em Nova York.

Em busca de um lugar nas quartas, resultado que já teve no saibro de Roland Garros em 2016 e no piso duro da Austrália em 2015, Goffin enfrenta o vencedor da partida entre o croata Marin Cilic e o jovem australiano de 19 anos Alex de Minaur. O belga tem três vitórias e duas derrotas contra Cilic, número 7 do mundo, enquanto um eventual duelo com o 45º colocado De Minaur seria inédito no circuito.

Comentários