Notícias | Dia a dia | US Open
Sabalenka vence a oitava seguida e derruba Kvitova
01/09/2018 às 23h36

Sabalenka venceu o sexto jogo contra top 10 na carreira

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Uma semana depois de conquistar seu primeiro título de WTA em New Haven, Aryna Sabalenka pode comemorar seu melhor resultado da carreira em Grand Slam ao chegar às oitavas de final do US Open. A bielorrussa de 20 anos obteve a oitava vitória seguida no circuito ao marcar 7/5 e 6/1 contra a tcheca Petra Kvitova, número 5 do mundo.

Sabalenka nunca havia disputado a chave principal do US Open. Há um ano, ela era 111ª do ranking e foi eliminada ainda na primeira rodada do qualificatório. Agora número 20 do mundo, a jovem bielorrussa já garantiu 240 pontos pela campanha até as oitavas e pode ganhar 430 se chegar às quartas, o que a aproximaria do grupo das 15 melhores jogadoras da atualidade.

Ao derrotar Kvitova neste sábado, Sabalenka marcou sua sexta vitória contra top 10 na carreira. Todas foram conquistadas este ano, sendo que cinco vieram no último mês. Ela iniciou essa série vencendo Caroline Wozniacki em Montréal. Depois, passou por Karolina Pliskova e Caroline Garcia no caminho para a semifinal em Cincinnati. Ela ainda eliminou Julia Goerges em New Haven, antes de superar Kvitova em Nova York.

A adversária de Sabalenka nas oitavas será outra jovem jogadora, a japonesa de 20 anos e 19ª colocada Naomi Osaka, que vem de uma vitória por duplo 6/0 em 49 minutos contra a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich. Campeã de Indian Wells em março, Osaka também garantiu seu melhor resultado em três participações no US Open. A bielorrussa e a japonesa jamais se enfrentaram pelo circuito profissional.

Kvitova passa a ser mais uma favorita a perder no Louis Armstrong Stadium. A segunda maior quadra no complexo Billie Jean King já foi palco das eliminações da número 1 do mundo Simona Halep e de outras três ex-líderes do ranking, Garbiñe Muguruza, Caroline Wozniacki e Angelique Kerber.

O equilíbrio no set inicial fica expresso pelos 16 winners para cada lado. No encontro entre duas jogadoras bastante agressivas, a maior consistência da bielorrussa que cometeu 12 erros contra 23 da canhota tcheca fez a diferença na parcial. Sabalenka esteve duas vezes com quebra acima, mas não sustentava a vantagem nem mesmo na primeira chance de sacar para fechar. Mas quando a reação de Kvitova parecia clara, a bielorrussa retomou o domínio e venceu oito dos últimos nove pontos do set.

Já no segundo set, Sabalenka foi ainda mais dominante e só perdeu um ponto no saque, além de ter vencido treze dos 20 pontos jogados no serviço de Kvitova para conquistar três quebras. A bielorrussa liderou a contagem de winners no jogo por 21 a 18 e cometeu apenas 15 erros não-forçados contra 35 da rival.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series