Notícias | Dia a dia | US Open
Thiem tira o vice e faz maior campanha na dura
02/09/2018 às 15h23

Thiem recupera o oitavo lugar do ranking e pode cruzar pela terceira vez no ano com Rafael Nadal

Foto: ATP

Nova York (EUA) - O austríaco Dominic Thiem marcou neste domingo sua maior campanha num Grand Slam fora do saibro, ao eliminar o atual vice-campeão do US Open, o sul-africano Kevin Anderson, em sets diretos e parciais de 7/5, 6/2 e 7/6 (7-2 no tiebreak).

Ele se candidata assim ao reencontro com o espanhol Rafael Nadal, caso o número 1 mantenha o favoritismo esperado sobre o georgiano Nikoloz Basilashvili. Os dois já fizeram 10 duelos, todos sobre a terra, e o austríaco ganhou três, uma delas nas quartas de Madri deste ano.

Esta foi a primeira vitória de Thiem sobre Anderson em quadras duras, onde havia sofrido todas suas derrotas para o sul-africano, mas também a segunda consecutiva já que havia levado a melhor no saibro de Madri em maio.

Thiem atinge também as quartas de um Slam pela quarta vez na carreira - todas as outras foram em Roland Garros - e comemora a 42ª vitória da temporada (são 13 em 17 partidas na quadra dura). Ele tem dois títulos, em Buenos Aires e Lyon, e finais em Madri e em Paris.

Na vitória deste domingo sobre um adversário que já havia disputado duas rodadas em cinco sets, Thiem não permitiu um único break-point. Isso tudo sem um bom índice de acerto de primeiro saque, que ficou em apenas 49%.

Ele no entanto foi muito superior nas trocas de fundo - Anderson ganhou apenas 12 pontos na devolução de segundo serviço - e aplicou nas passadas. Terminou o jogo com 42 winners (contra 40) e somente 13 erros (frente a 27).

Anderson sai do 5º lugar e cai provisoriamente para o 9º, mas ainda é ameaçado por David Goffin e John Isner.

Comentários