Notícias | Dia a dia
Monteiro e Rogerinho terão duelos sul-americanos
02/09/2018 às 15h36

Monteiro é cabeça 7 no challenger de Gênova

Foto: Arquivo

Gênova (Itália) - O cearense Thiago Monteiro e o paulista Rogério Dutra Silva entraram diretamente na chave principal do challenger italiano de Gênova, torneio com premiação 127 mil euros disputado no saibro. Ambos terão duelos sul-americanos na rodada de estreia.

Monteiro é o sétimo favorito do torneio e ocupa atualmente o 118º lugar do ranking aos 24 anos. O canhoto de Fortaleza estreia contra o chileno de 22 anos Christian Garin, 158º colocado, em duelo inédito no circuito.

Caso vença seu primeiro compromisso, Monteiro pode enfrentar nas oitavas o italiano Stefano Napolitano ou um rival vindo do quali. Já o eslovaco Martin Klizan, segundo favorito e 71º do mundo, é o cabeça de chave mais próximo do cearense. Sem resultados a defender na semana, o número 1 do Brasil pode receber 10 pontos com vitória na estreia e 25 se chegar às quartas.

Já o experiente Rogerinho, jogador de 34 anos e 150º do ranking, encara o cabeça 5 argentino e 111º colocado Federico Delbonis. O retrsopecto do confrotno é favortável a Delbonis, canhoto de 27 anos, que venceu um jogo de ATP e um de challenger contra o paulista em 2015.

Se vencer seu primeiro jogo, Rogerinho pode enfrentar o convidado local Giovanni Fonio ou o português Gastão Elias. Em possíveis quartas de final, há chance de um encontro com o francês Benoit Paire, principal favorito e 56º do mundo.

A participação brasileira pode ficar ainda maior caso os paulistas Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, consigam passar por um qualificatório de três rodadas. Belluccii, que aparece atualmente no 311º lugar do ranking aos 30 anos, já venceu os dois primeiros jogos neste domingo e enfrenta na segunda-feira o húngaro de 18 anos e 388º colocado Zsombor Piros.

Já Feijão pode ter que enfrentar uma rodada dupla. O paulista de 30 anos e 394º colocado encara o croata Mate Delic, 433º, pela segunda rodada do quali. Se vencer, volta à quadra no mesmo dia para enfrentar o vencedor do jogo entre os italianos Alessandro Petrone e Andrea Pellegrino.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis