Notícias | Dia a dia | US Open
Pliskova vence e chega sem perder sets às quartas
02/09/2018 às 16h49

Pliskova ainda não perdeu sets em Nova York

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Pelo segundo jogo seguido, Karolina Pliskova foi escalada para atuar no Louis Armstrong Stadium, palco das eliminações de Simona Halep, Caroline Wozniacki, Garbiñe Muguruza e Angelique Kerber. Mas mais uma vez, a ex-número 1 do mundo e atual oitava colocada escapou da zebra e marcou uma vitória em sets diretos. A tcheca derrotou a australiana Ashleigh Barty, 17ª do ranking, por duplo 6/4 para chegar às quartas de final do US Open.

Esta foi a segunda vitória de Pliskova em quatro jogos diante de Barty. O jogo deste domingo foi o primeiro entre elas em Grand Slam e também o primeiro duelo sem tiebreaks. Com 1h24, também foi o encontro mais rápido entre as duas jogadoras.

Das seis vezes que Pliskova chegou às quartas de final em Grand Slam, três foram obtidas no US Open, onde já foi vice-campeã em 2016. Elá já defende os 430 pontos da campanha feita na temporada passada e pode receber 780 caso alcance a terceira semifinal de Slam na carreira aos 26 anos.

Pliskova enfrenta nas quartas de final a vencedora do duelo entre Serena Williams e Kaia Kanepi. A tcheca tem uma vitória sobre Serena em Nova York há dois anos, mas também perdeu um duelo no torneio de Stanford em 2014. Diante de Kanepi, a ex-número 1 do mundo venceu os três encontros anteriores.

Uma quebra logo no game de abertura foi decisiva para Pliskova no set inicial. A tcheca não teria novas oportunidades de ameaçar o saque de Barty até o fim do set e ainda salvou três break points no oitavo game, quando já vencia por 4/3. Ao fim de um set de 39 minutos, Barty liderava a estatística de winners por 11 a 6, mas havia cometido 20 erros não-forçados contra 9 da tcheca.

A thceca seguiu firme no saque durante o segundo set ao disparar quatro aces e escapar ilesa de cinco break points. Novamente, a ex-líder do ranking foi precisa na oportunidade de quebra que teve, ainda no começo da parcial, e soube administrara a vantagem até o fim. As estatísticas do jogo ficaram parecidas com as do set inicial. A australiana fez 29 a 16 em bolas vencedoras, mas cometeu 30 erros contra dez de Pliskova.

Comentários