Notícias | Dia a dia | US Open
Stephens faz quartas e ainda busca o bicampeonato
02/09/2018 às 21h52

Stephens encara Sevastova nas quartas pelo segundo ano seguido

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Atual campeã do US Open, Sloane Stephens segue em busca por seu segundo título de Grand Slam. A número 3 do mundo garantiu seu lugar nas quartas de final em Nova York depois da vitória por duplo 6/3 contra a belga Elise Mertens, 15ª colocada no ranking mundial.

Aos 25 anos, Stephens chega às quartas de final de um Grand Slam pela quinta vez na carreira. A primeira vez que ela chegou tão longe em um torneio deste tamanho foi no Australian Open de 2013, quando foi semifinalista. No mesmo ano, chegou às quartas em Wimbledon. Além do título do ano passado em Nova York, a norte-americana foi vice-campeã de Roland Garros já em 2018.

Stephens agora enfrenta a letã de 28 anos e 18ª colocada Anastasija Sevastova, contra quem tem duas vitórias e uma derrota. As duas já se enfrentaram nas quartas de final do US Open do ano passado, no caminho para o título da norte-americana. A letã deu o troco na cidade chinesa de Zhuhai no fim de 2017, enquanto Stephens voltou a superar a rival no mês passado em Montreál.

Com a missão de defender 2 mil pontos em Nova York, Stephens já garantiu 480 pontos e já sustentou seu lugar no top 10 do ranking mundial. A norte-americana, assim como a oitava colocada tcheca Karolina Pliskova são as únicas jogadoras entre as dez melhores do mundo que seguem na disputa do Grand Slam norte-americano.

Por sua vez, Mertens tem a comemorar seu melhor resultado no US Open. A jovem belga de 22 anos havia caído ainda na rodada de estreia em suas duas participações anteriores. Semifinalista do Australian Open em janeiro, Mertens fez 180 pontos no torneio e deve ganhar mais uma posição.

A vitória conquistada na noite deste domingo no Arthur Ashe Stadium serve como uma revanche para Stephens, que havia perdido para Mertens há duas semanas em Cincinnati. A norte-americana liderou a contagem de winners por 17 a 12 e terminou o jogo com 25 erros não-forçados contra 35 da rival.

No encontro entre duas jogadoras que buscavam ser sólidas do fundo de quadra, Stephens enfrentou dois break points logo no primeiro game da partida. Por ser a atleta mais consistente, a norte-americana foi a primeira a quebrar para liderar por 3/1, mas logo depois Mertens tentou jogar um tênis mais agressivo e teve sucesso para vencer dois games seguidos.

Mas enquanto Mertens tentava com mais frequência partir para a definição dos pontos, Stephens arriscava algumas variações de altura e velocidade, além de ter subido oito vezes à rede no primeiro set para vencer cinco pontos. A atleta da casa viveu um ótimo momento no fim da parcial ao vencer uma série de três games com apenas dois pontos perdidos.

O segundo set começou com uma troca de quebras, mas depois Stephens não enfrentaria novos break points e perderia apenas mais dois pontos em seus games de serviço. A atual campeã pressionou o segundo saque da belga para vencer seis pontos em treze possíveis durante a parcial e criar duas novas oportunidades de quebra para definir a vitória em sets diretos.

Comentários