Notícias | Dia a dia | US Open
Delpo passa por Coric e garante duelo com Isner
03/09/2018 às 00h22

Del Potro foi quem melhor se adaptou às difíceis condições climáticas

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - No jogo que encerrou a programação noturna deste domingo no Arthur Ashe Stadium, Juan Martin del Potro garantiu vaga nas quartas de final do US Open. Campeão do Grand Slam americano em 2009, o argentino levou a melhor sobre o croata Borna Coric com parciais de 6/4, 6/3 e 6/1 em 2h08 de partida. Em uma noite muito úmida em Nova York, Delpo foi quem melhor lidou com as difíceis condições e viu o jovem rival sucumbir fisicamente.

Prestes a completar 30 anos no fim deste mês, Del Potro está com o melhor ranking da carreira ao ocupar a terceira posição. O argentino até tinha chances matemáticas de atingir um inédito segundo lugar, mas dependia de uma improvável eliminação de Roger Federer antes da terceira rodada. Esta é a 13ª vez que Delpo chega às quartas em um Grand Slam e ele pode alcançar sua sexta semifinal.

Del Potro agora se prepara para enfrentar o norte-americano John Isner, veterano de 33 anos e número 11 do mundo. O argentino tem sete vitórias e quatro derrotas diante do anfitrião, que busca sua segunda semifinal de Grand Slam em sua carreira profissional. Na temporada, Isner levou a melhor no caminho para o título do Masters 1000 de Miami, enquanto o argentino deu o troco no saibro de Roland Garros.

Por sua vez, Coric tem a comemorar uma inédita campanha até as oitavas de final em um Grand Slam. O jovem croata de 21 anos debutou no top 20 em julho. Com os 180 pontos conquistados, em um torneio que defendia 90, ele deverá ganhar mais duas posições e alcançar uma inédita 18ª posição no ranking mundial.

O saque de Juan Martin del Potro foi bastante eficiente durante a partida deste domingo. Além de disparar oito aces nas duas primeiras parciais, o argentino colocou 80% de primeiros serviços em quadra e só dependeu do segundo serviço apenas 14 pontos. Coric teve apenas um break point em todo o jogo e até o aproveitou, mas permitiu cinco quebras de serviço ao argentino, que criou 14 break points.

Del Potro dominou o começo de partida, confirmou seus três primeiros games de serviço com facilidade e pressionava o saque do croata para conquistar a quebra e liderar por 4/1. Coric conseguiu devolver a quebra em um game com três erros não-forçados do argentino e equilibrou as ações. Em uma noite muito úmida, o croata parecia ser quem mais sofria com as condições climáticas. O jovem de 21 anos acabou se desentendendo com o árbitro francês Emmanuel Joseph ao solicitar que a quadra fosse secada e não ter seu pedido atendido. Bastou um breve momento de perda de concentração para que Del Potro obtivesse mais uma quebra e vencesse o set.

No segundo set, Del Potro disparou quatro aces, não enfrentou break points e cedeu apenas oito pontos em seus games de serviço. O argentino aproveitou a única chance de quebra que teve para ampliar sua vantagem no placar. Durante a disputa da parcial, Coric chegou a receber tratamento do fisioterapeuta para a perna direita. Com o adversário bastante desgastado, o terceiro set foi meramente protocolar. Não faltou luta a Coric, mas o croata sofreria três novas quebras de serviço e fez apenas um ponto no saque do argentino.

Comentários