Notícias | Dia a dia | US Open
Osaka vence duelo de jovens e faz quartas inéditas
03/09/2018 às 19h32

Campeã de Indian Wells, Osaka tem seu melhor resultado em Slam

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Em duelo da nova geração do circuito feminino, Naomi Osaka prevaleceu diante de Aryna Sabalenka para chegar às quartas de final do US Open. A japonesa de 20 anos e número 19 do mundo superou a bielorrussa de mesma idade e vigésima colocada com parciais de 6/3, 2/6 e 6/4 em 2h01 de partida.

Campeã de Indian Wells em março, Osaka chega às quartas de final em um Grand Slam pela primeira vez na carreira. Até então, a japonesa tinha como resultado mais expressivo a campanha até as oitavas de final no Australian Open, em janeiro.

Com 480 pontos garantidos em um evento onde defendia 130 da terceira rodada alcançada no ano passado, Osaka tem chances de atingir o melhor ranking de sua carreira. Já Sabalenka, que vinha de oito vitórias seguidas e de título em New Haven, deve também ganhar duas posições. ´

Osaka poderia enfrentar nas quartas uma jogadora ainda mais jovem, mas a canhota tcheca de 19 anos e 103ª do ranking Marketa Vondrousova levou a virada em duelo de 2h32 contra a ucraniana de 29 anos e 44ª colocada Lesia Tsurenko, com parciais de 6/7 (5-7), 7/5 e 6/2. Tsurenko, que é contemporânea de nomes como Caroline Wozniacki, Victoria Azarenka e Agnieszka Radwanska, chega às quartas em um Slam pela primeira vez.

A maior regularidade de Osaka fez a diferença no primeiro set. A japonesa cometeu apenas sete erros não-forçados contra 14 de Sabalenka em 31 minutos de disptua. Além de um jogo consistente do fundo de quadra, Osaka salvou o único break point que enfrentou e foi eficiente nos dois games em que teve oportunidades de quebra.

O roteiro do segundo set foi muito diferente, com Sabalenka conseguindo impor seu tênis agressivo e com ótimo desempenho no saque. A bielorrussa só perdeu cinco pontos em seus games de serviço e liderou a estatística de winners por 12 a 7, além de errar menos que sua adversária, 11 contra 15 de Osaka para vencer cinco games seguidos.

O terceiro set começou com quebra a favor de Sabalenka, mas a japonesa buscou a igualdade de imediato. Depois disso, Osaka não teria mais o saque ameaçado e confirmou seus três games seguintes perdendo apenas dois pontos. Já a bielorrussa, que colocou apenas 49% de primeiros serviços em quadra era frequentemente ameaçada. Sabalenka escapou de três chances de quebra quando já perdia por 3/2, mas não evitou a derrota no décimo game. Mesmo depois de salvar três match points, a bielorrussa voltaria a errar e cometeu uma dupla falta que decretou o resutltado final. Ainda que Sabalenka tenha feito 28 a 22 nos winners, a bielorrussa fez 42 erros contra 32 da japonesa.

Comentários