Notícias | Dia a dia
Stefani avança às quartas e ainda ajuda dupla de Bia
19/10/2022 às 21h23

Stefani e Sanders conseguiram a revanche contra Perez e Melichar em Guadalajara

Foto: GDL Open

Guadalajara (México) - A segunda vitória de Luísa Stefani ao lado da australiana Storm Sanders no WTA 1000 de Guadalajara rendeu duas boas notícias para o tênis brasileiro. Além da classificação para as quartas de final do torneio mexicano, elas também ajudaram a dupla de Beatriz Haddad Maia na disputa por vaga no WTA Finals.

Stefani e Sanders venceram a australiana Ellen Perez e a norte-americana Nicole Melichar Martinez, cabeças 6 do torneio, por 7/6 (7-3), 4/6 e 10-8 em 1h45 de partida. A vitória foi uma revanche para a parceria, que havia perdido para Melichar e Perez na semana passada em San Diego.

"Muito feliz pela vitória, principalmente pela maneira como jogamos e evoluímos em relação à semana passada. Ficamos concentradas, mesmo com altos e baixos. Essa vitória tem um gostinho mais que especial", disse Stefani após a partida. Ela e Sanders já voltam a atuar nesta quinta-feira, por volta de 21h (de Brasília), contra a belga Elise Mertens e a russa Veronika Kudermetova, cabeças 2 do torneio. A partida encerra a programação da quadra Grandstand. 

O resultado também tem impacto direto na corrida para o Finals, que começa em menos de duas semanas, em Fort Worth, no Texas. Melichar e Perez estão no oitavo lugar, com uma diferença de 405 pontos para Bia e a cazaque Anna Danilina, que aparecem em nono. Elas estão nas oitavas e enfrentam a norte-americana Desirae Krawczyk e a holandesa Demi Schuurs nesta quinta-feira, às 17h, na quadra 1. Bia e Danilina podem ultrapassar as concorrentes diretas e ficarem com a última vaga caso cheguem à final em Guadalajara. Assim, elas fariam 585 pontos contra 105 das rivais. 

O primeiro set da partida teve uma quebra para cada lado. Melichar e Perez começaram vencendo por 3/0, mas Stefani e Sanders buscaram o empate. A brasileira e a australiana escaparam de três set-points quando perdiam por 5/4 e confirmaram o serviço antes de vencerem a parcial no tiebreak.

Apesar de o segundo set ter games longos e quatro break-points para cada lado, aconteceu apenas uma quebra, quando Melichar encaixou uma excelente devolução de backhand contra o serviço de Luísa Stefani já no penúltimo game da parcial. Pouco antes, a brasileira tinha jogado muito bem nas devoluções de saque e criado oportunidades contra o serviço das rivais, que escaparam de três oportunidades de quebra.

Já durante o match tiebreak, Stefani e Sanders abriram 5-2, e mesmo permitindo o empate em algumas oportunidades, não ficariam mais atrás no placar até o fim do jogo e venceram os dois últimos pontos da partida para consolidarem a vitória.

Stefani vai recuperando espaço no ranking
O resultado também é de fundamental importância para que Stefani recupere espaço no ranking. Depois de ficar um ano fora do circuito por lesão e cirurgia no joelho, a paulista de 25 anos é apenas a 217ª no ranking das especialistas em duplas. Ela voltou a jogar em setembro e logo conquistou um título ao lado da canadense Gabriela Dabrowski em Chennai. A vaga nas quartas rende 190 pontos e faz Stefani voltar ao grupo das 150 melhores do mundo.

Comentários