Notícias | Dia a dia | US Open
Stephens: 'Não joguei bem nos pontos importantes'
04/09/2018 às 19h38

A campeã do ano passado lamentou as oportunidades perdidas no duelo das quartas de final

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Depois de adiar a busca pelo bicampeonato no US Open com a eliminação nas quartas de final, Sloane Stephens lamentou as oportunidades perdidas e o mau desempenho nos pontos mais importantes. A campeã de 2017 sente que deixou escapar algumas chances que teria para mudar a dinâmica do jogo contra a letã Anastasija Sevastova.

"Quando você não joga bem nos pontos importantes, o jogo escapa de você", disse após a derrota por 6/2 e 6/3. "Acho que foi o que aconteceu hoje. Não joguei bem nos pontos importantes e não dá para vencer quando não aproveita suas oportunidades", acrescenta a norte-americana, que teve nove break points e aproveitou apenas dois.

O estilo de jogo incomum da letã de 28 anos e 18ª colocada também foi um complicador na opinião da atual campeã. "Ela é uma grande jogadora. É claro que ela joga muito diferente da maioria das outras meninas, com muitos drop shots e slices. Ela varia um pouco mais o jogo, e é sempre difícil jogar contra ela. Obviamente ela jogou muito bem, era a melhor em quadra e venceu o jogo".

Apesar da frustração pela derrota e pelo desempenho nesta terça-feira, Stephens deixa Nova York ciente de que fez um bom torneio. "Defender um título é sempre muito difícil. Eu poderia ter perdido na primeira rodada, e isso teria sido muito ruim", explica a jogadora de 25 anos. "O fato de eu ter chegado às quartas de final e ter jogado algumas partidas muito boas, competindo o máximo que pude é algod do que posso me orgulhar".

Depois de iniciar o Grand Slam norte-americano no terceiro lugar do ranking, Stephens deverá perder algumas posições por ter defendido apenas 430 dos 2 mil pontos que tinha a descontar. Entretanto, a norte-americana tem chance de recuperar terreno, já que amargou uma série de derrotas no fim do ano passado e início deste ano, quando teve o desempenho comprometido por lesão no joelho esquerdo. "Não tenho pontos para defender na Ásia. Estou ansiosa para jogar lá e espero continuar jogando bem. Espero que eu possa ir e ganhar mais algumas partidas, me classificar para o WTA Finals, e ir o mais longe que puder".

Comentários