Notícias | Dia a dia
Bia perde match points e cai na estreia em Chicago
04/09/2018 às 20h29

Bia chegou a sacar para o jogo no terceiro set da partida

Foto: Arquivo

Chicago (EUA) - Em sua terceira competição depois de voltar de cirurgia nas costas, Beatriz Haddad Maia foi eliminada na estreia do torneio da série de 125k da WTA em Chicago. A número 1 do Brasil e 130ª colocada no ranking mundial teve três match points, mas caiu diante da experiente sueca de 30 anos Johanna Larsson, cabeça 8 do evento e 82ª do mundo, por 6/4, 1/6 e 7/6 (7-3) em 2h21 de partida.

No ranking da próxima segunda-feira, Bia receberá 20 pontos por ter vencido vencido um jogo do qualificatório para o US Open há duas semanas. Ela tem dez a descartar, referentes a participação na chave principal do Grand Slam americano no ano passado.

Ex-número 58 do mundo, Bia joga nas quadras cobertas de Quebec na próxima semana. Mas antes disso, ela ainda joga duplas em Chicago. A brasileira e a parceira tunisiana Ons Jabeur estreiam nesta quarta-feira diante da cazaque Elena Rybakina e da indiana Karman Thandi.

Bia tem sete vitórias em 19 jogos disputados em 2018 por torneios da WTA ou ITF, excluindo os zonais da Fed Cup. A número 1 do Brasil ficou três meses sem jogar, entre o qualificatório para o WTA Premier de Madri, no início de maio, e um ITF em Vancouver em agosto por conta de uma lesão nas costas. Ela passou por cirurgia no final de maio para sanar as dores de uma hérnia de disco lombar.

O equilibrado primeiro set em Chicago teve 29 pontos vencidos pela sueca e 28 para a brasileira. Larsson obteve uma quebra logo na abertura da partida e sustentou a vantagem até o oitavo game, quando permitiu o empate por 4/4. Mas quando poderia reagir no jogo, Bia voltou a ter o serviço quebrado. A parcial seguinte foi muito melhor para a paulistana, que não enfrentou break points e pedeu apenas três pontos quando colocou o primeiro serviço em quadra, além de aproveitar as três chances de quebra que teve.

Já o terceiro set foi de altos e baixos, com Bia tendo dificuldades para confirmar o serviço, já que enfrentou onze break points ao longo da parcial. A paulistana foi a primeira a quebrar e liderou por 2/0. Larsson buscou a igualdade no quarto game, mas voltaria a perder o saque logo depois. Bia vinha sustentando a vantagem e teve três match points, mas não os aproveitou e foi quebrada quando sacou para o jogo. 

A paulistana começou bem no tiebreak e liderou por 3-0, mas o empate da sueca veio com um winner de devolução que tocou na fita, num lance de sorte. Depois da virada de lado, Larsson dominou e venceu os quatro pontos seguintes para consolidar a vitória.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis