Notícias | Dia a dia | US Open
'Joguei meu melhor tênis hoje', afirma Nishikori
06/09/2018 às 12h42

Nishikori derrubou Cilic nas quartas em revanche da decisão do US Open de 2014, quando o croata levou o título

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - Na revanche da final do US Open de 2014, o japonês Kei Nishikori levou a melhor sobre o croata Marin Cilci, que se sagrou campeão do torneio quatro anos atrás, mas nesta quarta-feira foi derrotado de virada, com parciais de 2/6, 6/4, 7/6 (7-5), 4/6 e 6/4 em 4h07 de confronto.

“Ele começou muito bem e não acho que eu estava jogando tão bem. Tive que me manter firme, especialmente no segundo set, em que passei a jogar bem depois do 2/4 (no segundo set)”, analisou o nipônico, que teve sua observação corroborada pelo rival.

“Tive um grande início, estava sacando bem e fui firme até o 6/2 4/2, quando o perdi o momento do jogo. Kei passou a bater melhor na bola a cada ponto que passava, devolveu a quebra e venceu seis games seguidos. A partir daquele momento o jogo ficou equilibrado e acabou sendo decidido em alguns pontos importantes”, disse Cilic.

Nishikori também viu um jogo bem parelho e comemorou ter saído com a vitória. “Estou realmente feliz de ter vencido uma partida como essa, que não foi nem um pouco fácil. Joguei meu melhor tênis hoje, mas tive que lutar bastante e isso me dá muita confiança”, falou o japonês, que nas semifinais irá medir forças com o sérvio Novak Djokovic.

Até então são 16 os confrontos entre o japonês e o sérvio e a vantagem é toda de ‘Nole’, que venceu 14 e perdeu apenas dois, sendo um desses justamente na semifinal do US Open de 2014. “Não tenho um grande retrospecto contra Novak, mas sempre é um jogo duro. Fico feliz por enfrentá-lo, pois será um grande desafio”, falou Nishikori.

Comentários