Notícias | Dia a dia | US Open
Wild supera rodada dupla e é semifinalista em NY
07/09/2018 às 17h24

Wild tenta ser o sétimo brasileiro em uma final juvenil de Slam

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Horas depois de completar sua vitória pelas oitavas de final, em jogo suspenso por chuva na última quinta-feira, o paranaense Thiago Wild venceu mais uma nesta sexta-feira e garantiu vaga na semifinal do torneio juvenil do US Open. Wild superou o japonês Taisei Ichikawa por 7/6 (7-3) e 6/4.

Com o resultado, Wild repete a boa campanha que fez no saibro de Roland Garros. O paranaense de 18 anos está em sua última temporada no circuito juvenil e, como tem disputado poucos torneios desse nível, ocupa apenas o 57º lugar no ranking da categoria. Ele no entanto já foi o oitavo mais bem colocado.

Dono de dois títulos profissionais de nível future na carreira, Wild foi designado o sexto favorito no torneio por ser 484º no ranking profissional da ATP. Ele enfrenta na semifinal o taiwanês Chun Hsin Tseng, líder do ranking mundial da categoria e campeão juvenil em Roland Garros e Wimbledon.

Wild tenta ser o primeiro brasileiro na final juvenil de simples no US Open. Há dois anos, o paulista Felipe Meligeni Alves foi campeão de duplas ao lado do boliviano Juan Carlos Aguilar. Já em 2014, a dupla formada pelo mineiro João Menezes e o gaúcho Rafael Matos ficou com o vice-campeonato.

Seis brasileiros já foram finalistas de Grand Slam como juvenis em simples, sendo que o alagoano Tiago Fernandes venceu o Australian Open em 2010 e Thomaz Koch jogou duas finais seguidas em Roland Garros nos anos de 1962 e 1963. Além deles, já estiveram em finais de Slam Edison Mandarino e Luis Felipe Tavares em Paris, além de Ivo Ribeiro e Ronald Barnes na grama de Wimbledon.

Pelo torneio de duplas, o brasiliense Gilbert Klier Júnior foi eliminado nas quartas de final. Klier e o espanhol Nicolas Alvarez perderam nesta sexta-feira os norte-americanos Emilio Nava e Axel Nefve por 6/3, 3/6 e 10-4.

Comentários