Notícias | Dia a dia
Assista agora ao duelo de Djokovic e Nishikori
07/09/2018 às 19h57

Nova York (EUA) - Duelo entre Novak Djokovic e Kei Nishikori é uma pequena revanche da semifinal de 2014, em que inesperadamente o japonês se deu bem. Mas é difícil considerar esse resultado depois do histórico de 13 vitórias seguidas do sérvio. Basicamente, os dois têm um estilo muito semelhante quando jogam na quadra dura, mas o sérvio mostra superioridade em praticamente tudo.

Se mantiver o favoritismo, Djokovic atingirá a 23ª final de Grand Slam e igualará Ivan Lendl e Pete Sampras com oito decisões em Nova York. O próprio Sampras vê seu terceiro lugar absoluto de títulos de Slam ameaçado, podendo ser igualado por Nole no domingo. Na verdade, isso parece apenas uma questão de tempo.

Nishikori mostra neste US Open o melhor tênis desde a parada por lesão no punho direito, que o obrigou a disputar challengers no começo do ano. Ainda é um tenista com receio de ir à rede e não tem um saque tão efetivo, mas possui enorme intimidade com a quadra dura. Fica em cima da linha, pega tudo na subida e assim compensa a falta de potência com muita aceleração das jogadas. Para ter chance nesta semi, terá de arriscar e ser muito oportuno no uso das paralelas.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis