Notícias | Dia a dia | US Open
Serena elogia Naomi e afirma que árbitro é bom
08/09/2018 às 21h22

Serena discutiu rispidamente com o árbitro Carlos Ramos, o chamou de ladrão mas depois disse que é grande juiz

Foto: Site oficial

Nova York (EUA) - Com a cabeça mais fria, a norte-americana Serena Williams amenizou sua frustração na entrevista oficial após sua derrota na final do US Open para a japonesa Naomi Osaka que a impediu de conquistar o sétimo troféu em Flushing Meadows e o primeiro desde 2014.

Os jornalistas encherem de perguntas sobre sua discussão com o árbitro Carlos Ramos. "Não sei por que Patrick (Mouratoglou, seu treinador) disse à imprensa que havia me dado instrução", argumentou ela sobre a origem de toda a confusão, no primeiro game do segundo set. "Não temos códigos nem nada disso. Ele parecia estar fazendo gestos de algo que não estava gostando, mas eu não estava prestando atenção nele. Foi injusto tomar essa advertência. Apesar disso, considero Ramos um grande juiz", reforçou.

Cutucada, Serena enfatizou sentir uma diferença entre o tratamento dado a homens e mulheres no tênis. "Não posso sentar aqui e dizer que me equivoquei ao chamar o árbitro de ladrão, já que naquele momento senti que ele tinha me tirado um game. Vi jogadores masculinos chamarem árbitros de coisas piores. Estou aqui lutando pelo direito das mulheres e pela igualdade no tênis. Nunca vi um juiz tirar um game de um tenista que o chamou de ladrão. Fiquei surpresa com a decisão. Há coisas neste US Open que não me agradam nada, como aquela polêmica com (Alizé) Cornet sobre o fato de ter trocado de camisa na quadra. Precisamos mudar muitas coisas".

A megacampeã elogiou a grande atuação de Naomi Osaka. "Não sei se o árbitro desempenhou um papel decisivo no resultado da partida. Naomi estava jogando um nível de tênis muito bom e eu não estava à vontade na quadra. Acho que joguei um pouco abaixo e isso influiu no andamento da partida. Ela foi muito consistente, fez muitos winners e estava concentrada em cada ponto. Sem dúvida, é uma vencedora justa".

Serena é claro se mostrou decepcionada por deixar escapar pela segunda vez consecutiva o tão sonhado 24º troféu de Grand Slam, repetindo o vice de Wimbledon de dois meses atrás. "Não sei nem dizer como me sinto nestes momentos. Estou muito triste por perder outra final de Grand Slam e ainda por cima aqui em Nova York, diante de meu público. Preciso me concentrar e pensar nas coisas positivas que consegui nestas duas últimas semanas. Estou indo pelo caminho correto, estou certa de que terei outra oportunidade no futuro".

Comentários