Notícias | Dia a dia
Federer acredita que jovens voltarão a vencer Slam
13/09/2018 às 16h04

Federer venceu seu 20º Slam neste ano na Austrália

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - Um dos jogadores mais experientes da atualidade no circuito da ATP, o suíço Roger Federer continua conquistando títulos importantes mesmo com os 37 anos completados em agosto e vem dominando o circuito com outros dois trintões, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic. Apesar do panorama atual, ele acredita que os jovens irão voltar a vencer os Grand Slam no futuro.

“Eu acho que os garotos de 17, 18 ou 19 anos podem voltar para ganhar os Grand Slams, não há dúvida sobre isso. Ouro fator importante são jogadores que surgem na geração, pois não é só questão de trabalho, mas também de talento e de ter boa ajuda dos pais e treinadores. O país também é importante por causa do apoio que você tem da federação, algo que aconteceu com Pete (Sampras), (Michael) Chang, (Bjorn) Borg e Rafa (Nadal), que triunfaram muito jovens”, disse em entrevista ao The Express.

O suíço destacou um maior acesso à informação na atualidade, permitindo que muitos tenistas pudessem tomar muito mais cuidados do que antes. "Agora os jogadores estão mais dedicados que antes e também têm mais cuidado do que as gerações passadas, é normal porque podemos viajar mais facilmente do que antes, ter um personal trainer e esse tipo de coisa”, explicou o tenista da Basileia.

“As velhas gerações se aposentavam aos 30-32 anos e agora jogamos até os 35 anos ou até mais. Estar sempre bem fisicamente nos ajuda a jogar por mais tempo e dificulta o acesso dos jovens ao sucesso”, complementou o dono de 20 títulos de Slam, que atualmente ocupa a segunda colocação no ranking da ATP e aparece em quarto entre os que mais somaram pontos em 2018.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis