Notícias | Copa Davis
Com Thiem, Áustria lidera em cima da Austrália
14/09/2018 às 12h20

Thiem marcou sua sétima vitória seguida na Copa Davis

Foto: GEPA Pictures

Graz (Áustria) - A escolha do saibro descoberto pareceu perfeita no primeiro dia de disputa entre Áustria e Austrália, em duelo válido pelo antigo sistema de rebaixamento da Copa Davis. Se vencer, a Áustria garante presença no qualificatório de fevereiro para a fase final de novembro de 2019. Mesmo se perder, a Austrália ainda pode entrar nesse quali de fevereiro desde que mantenha um bom ranking geral na competição.

Dominic Thiem, depois da grande campanha no US Open, atropelou Jordan Thompson em partida de apenas 1h35 e parciais de 6/1, 6/3 e 6/0. Esta foi sua sétima vitória seguida na Davis. Em seguida, Dennis Novak obteve virada em cima do garoto Alex de Minaur, vencendo com o placar de 3/6, 6/2, 6/3 e 6/2.

A Austrália é o segundo país com maior número de títulos na Davis, com 28, porém não vence desde 2003. Já os austríacos só obtiveram até hoje uma semifinal no Grupo Mundial, em 1990.

Mesmo sem Kei Nishikori, o Japão aproveita o fato de jogar em Osaka, sobre piso sintético, e já tem 2 a 0 sobre a Bósnia. Os japoneses enfrentam a repescagem pelo quarto ano seguido, mas nos três anteriores conseguiram se manter na elite.

Taro Daniel abriu o duelo com vitória em três sets em cima de Tomislav Brkic, parciais de 6/4, 6/2 e 7/6 (7-3), e em seguida Yoshihito Nishioka marcou tranquilos 6/4, 6/3 e 6/3 em cima de Mirza Basic.

A nova Davis
O qualificatório da Davis em fevereiro será composto pelos quatro países quadrifinalistas deste ano (Bélgica, Alemanha, Itália e Cazaquistão) e os oito vencedores da repescagem deste fim de semana. Esses 12 países serão cabeças de chave. Os outros 12 participantes serão os 6 europeus, 3 asiáticos e 3 americanos com melhor ranking na Davis após a rodada deste fim de semana. O quali de fevereiro, que dará 12 vagas na fase final da Davis em novembro, será no atual sistema de sedes alternadas.

A fase final da Davis, a ser jogada em local único em novembro, terá os quatro semifinalistas deste ano (França, Espanha, Croácia e EUA), os 12 qualificados de fevereiro e mais dois convidados.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series