Notícias | Dia a dia
Tricampeão, Tsonga volta às quadras em Metz
15/09/2018 às 16h40

Tsonga disputou apenas dois torneios na atual temporada

Foto: Arquivo

Metz (França) - Afastado das competições desde fevereiro por conta de lesão e cirurgia no joelho esquerdo, Jo-Wilfried Tsonga volta às quadras no ATP 250 de Metz. O experiente jogador de 33 anos, ex-top 5 e atual 73º colocado, tem três títulos no torneio francês em quadras duras e cobertas, nos anos de 2010, 2011 e 2015.

Tsonga disputou apenas dois torneios na temporada, chegando à terceira rodada do Australian Open e às quartas de final do ATP 250 de Montpellier. Ele acumula quatro vitórias e duas derrotas em 2018. Embora esteja sem jogar desde o dia 10 de fevereiro, a cirurgia no joelho só foi realizada no começo de abril. Seu ranking atual é o mais baixo desde setembro de 2007.

A estreia de Tsonga será contra o alemão Peter Gojowczyk, 45º do ranking e vencedor da edição passada do torneio. Gojowczyk, aliás, venceu o único duelo anterior contra o francês, em jogo válido pela Copa Davis em 2014. Caso passe pela estreia, Tsonga cruzaria o caminho do cabeça 1 japonês Kei Nishikori nas oitavas.

O primeiro quadrante da chave ainda tem o convidado local Ugo Humbert e o cabeça 5 georgiano Nikoloz Basilashvili, além de mais dois jogadores vindos do quali. A parte de cima do quadro ainda tem um quadrante liderado pelo terceiro favorito francês Lucas Pouille, 19º do ranking e campeão em 2016, que pode enfrentar o alemão Philipp Kohlschreiber nas quartas.

Número 15 do mundo, Stefanos Tsitsipas é o segundo mais bem cotado ao título. O jovem grego de 20 anos estreia contra o vencedor do jogo entre o alemão Maximilian Marterer e o lituano Ricardas Berankis. Quem pode cruzar o caminho de Tsitsipas nas quartas de final é o cabeça 6 francês Adrian Mannarino.

O francês de 32 anos Richard Gasquet, 24º do ranking, é o quarto favorito em Metz. Ele entra diretamente nas oitavas para enfrentar o estoniano Jurgen Zopp ou um rival vindo do quali. O cabeça de chave mais próximo é o sérvio Filip Krajinovic, sétimo favorito, mas o setor ainda conta com Gilles Simon, vencedor do torneio em 2010 e 2013.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis