Notícias | Copa Davis
Brasil entra na 'Nova Davis' e pode jogar em casa
17/09/2018 às 14h56

Londres (Inglaterra) - Com ajuda do Canadá, o Brasil ganhou mesmo direito a disputar o qualificatório da 'nova Copa Davis'. Nesta segunda-feira, o novo ranking da Copa Davis oficializou os 24 países com direito a disputar o qualificatório de fevereiro do ano que vem, onde 12 passaram à fase final.  O Brasil tem grande chance de jogar em casa.

Atual 27º no ranking, o Brasil ficou com a última das vagas na disputa e terá pela frente uma das 12 nações que entrarão como cabeças de chave: Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Canadá, Cazaquistão, Grã-Bretanha, Itália, Japão, República Tcheca, Sérvia e Suécia. O sorteio que definirá adversários acontecerá dia 26 deste mês.

Dos 12 confrontos possíveis, sete são garantidos em solo brasileiro (Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Itália, Japão e República Tcheca). Caso cruzemos com canadenses ou suecos, o duelo será realizado fora. Já se vierem cazaques, britânicos oi sérvios, a definição do mandante será através de sorteio.

Além do Brasil e da Argentina, que ficou entre as pré-classificadas, outros dois times sul-americanos também conseguiram um lugarzinho na modificada competição de 2019, caso da Colômbia e do Chile, também através do critério de ranking. Completam a lista dos participantes do quali Austrália, Holanda, Hungria, Índia, Rússia, Suíça, Uzbequistão e mais dois países que sairão da repescagem África/Europa.

A nova Davis
O qualificatório da Davis em fevereiro será composto pelos quatro países quadrifinalistas deste ano (Bélgica, Alemanha, Itália e Cazaquistão) e os oito vencedores da repescagem deste fim de semana Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Canadá, Cazaquistão, Grã-Bretanha, Itália, Japão, República Tcheca, Sérvia e Suécia). Esses 12 países serão cabeças de chave.

Os outros 12 participantes serão os 6 europeus, 3 asiáticos e 3 americanos com melhor ranking na Davis após a rodada deste fim de semana.

O quali de fevereiro, que dará 12 vagas na fase final da Davis em novembro, será no atual sistema de sedes alternadas.

A fase final da Davis, a ser jogada em local único em novembro, terá os quatro semifinalistas deste ano (França, Espanha, Croácia e EUA), os 12 qualificados de fevereiro e mais dois convidados.

Comentários