Notícias | Dia a dia
Serena garante não combinar sinais com o técnico
18/09/2018 às 14h29

Serena diz ser importante defende o que acredita

Foto: Divulgação

Las Vegas (EUA) - A norte-americana Serena Williams participou de um evento em Las Vegas e mais uma vez teve que comentar o ocorrido na final do US Open, em que se desentendeu com o árbitro português Carlos Ramos e no fim o acusou de sexismo por ter lhe imposto três advertências no decorrer da disputa.

Sem querer se alongar para falar sobre o assunto mais uma vez, a ex-número 1 seguiu defendendo sua atitude e garantiu que não tem qualquer sinal combinado com o técnico Patrick Mouratoglou, que foi pego pelo juiz de cadeira fazendo gestos para Serena, o que gerou a primeira advertência aplicada pelo árbitro.

“Ele disse que fez um gesto, mas não entendi o que ele estava falando, pois nós nunca tivemos sinais”, garantiu a caçula das irmãs Williams. “Sinto que é realmente importante defender aquilo em que você acredita, especialmente se isso pode afetar o futuro e afetará muitas pessoas no futuro”, falou Serena sobre seu posicionamento forte no caso.

Questionada sobre recobrar o caminho das vitórias, ela foi direta. “O que eu preciso fazer para conseguir voltar ao topo? Realmente é só ter uma ótima equipe, arregaçar as mangas e trabalhar duro”, falou a norte-americana, que disse dar tão duro dentro de quadra nos treinos quanto fora delas sendo mãe.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis