Notícias | Dia a dia
Juiz que 'ajudou' Kyrgios é suspenso por 2 semanas
18/09/2018 às 16h03

Miami (EUA) - Responsável por um dos momentos mais polêmicos do último US Open, o árbitro sueco Mohamed Lahyani, que desceu da cadeira para conversar com o australiano Nick Kyrgios durante uma partida foi suspenso por duas semanas pela ATP e não irá trabalhar no ATP 500 de Pequim e no Masters 1000 de Xangai.

“Apesar do incidente ter acontecido no US Open, sob a jurisdição da USTA, ele ainda estava sujeito à ação disciplinar da ATP devido à posição de Lahyani como funcionário da entidade em tempo integral. Os árbitros, independentemente do evento para o qual estão designados, devem manter a integridade”, disse a ATP para o The New York Times através de comunicado.

Um dos principais árbitros do tênis, Lahyani desceu de sua cadeira quando Kyrgios estava um set atrás do francês Pierre-Hugues Herbert, em duelo válido pela segunda rodada do US Open, em 30 de agosto. O juiz pediu para o australiano que se comportasse melhor e a conversa acabou levando Nick à virada sobre o rival.

Os organizadores do torneio decidiram não suspender Lahyani de outras tarefas na competição e ele inclusive trabalhou em outras partidas, mas divulgaram uma declaração crítica que dizia que a conduta de Lahyani "foi além do protocolo" e que ele foi "aconselhado a aderir aos protocolos apropriados em todas as partidas que arbitra".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis