Notícias | Dia a dia
Nadal não irá jogar na Ásia e vê o número 1 em risco
19/09/2018 às 09h04

Joelho direito tirou Nadal dos torneios na Ásia

Foto: Divulgação

Barcelona (Espanha) - Depois de ter desistido de jogar a Copa Davis, o espanhol Rafael Nadal confirmou também que não irá participar da temporada asiática do circuito. Nesta quarta-feira, ele se comunicou através das redes sociais e informou que irá descansar para recuperar o joelho lesionado durante o US Open.

“Como todos sabem, tive que me retirar da semifinal do US Open. Na última segunda-feira estive em Barcelona conversando com os médicos sobre a situação em meu joelho, que não é novidade para ninguém. Em conjunto, decidimos não participar da temporada asiática para recuperar da melhor maneira”, disse o número 1 do mundo.

“Lamento não poder estar com todos os fãs na China, que são muitos. Além disso há os organizadores de Pequim e Xangai, que sempre tiveram muita atenção comigo”, completou o canhoto de Mallorca, que agora tem um risco ainda maior de perder a liderança do ranking para o sérvio Novak Djokovic.

Nadal defende 1.100 pontos nos torneios asiáticos, foi campeão do ATP 500 de Pequim no ano passado e ficou com o vice no Masters 1000 de Xangai. Já Djokovic não jogou nesse período em 2017 e por isso não defende ponto algum. Caso o sérvio consiga somar 1.216 pontos nos eventos na Ásia ele fatalmente deixará o espanhol para trás e voltará a comandar o ranking, algo que não faz desde a última semana de outubro de 2016.

Contudo, como ‘Nole’ só está inscrito em Xangai, ele precisaria de um convite de última hora para Pequim ou Tóquio para assim poder somar pontos suficientes para brigar pela ponta, algo como fez o suíço Roger Federer no começo do ano, quando entrou em cima da hora no ATP 500 de Roterdã, levou o título e assumiu o número 1.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis