Notícias | Dia a dia
Toni garante que Nadal volta para Paris e Londres
23/09/2018 às 10h58

Nadal vê aproximação de Djokovic no ranking

Foto: Arquivo

Manacor (Espanha) - Afastado das quadras desde a derrota por abandono no US Open, o espanhol Rafael Nadal tentará defender a liderança do ranking e buscar títulos inéditos em Paris e em Londres na reta final da temporada. Quem garante isso é o tio Toni.

"Na minha última conversa com Rafa, ele me disse que não estava preparado para os torneios na Ásia mas que iria a Paris", afirmou o ex-treinador. "Não há razão alguma para se forçar essa volta. Ele já teve experiências com esse tipo de contusão e, com 32 anos, tudo que ter a fazer é se cuidar e não se precipitar".

Nadal jamais conquistou o Masters disputado em Bercy, nem o Finals de Londres, ambos disputados sobre quadra coberta porém de piso sintético lento. No ano passado, ele abandonou a competição na arena O2 logo depois de estrear com derrota.

Toni deixou claro que considera Novak Djokovic um forte concorrente ao posto de número 1: "Quando se decidiu a se centrar no tênis, ele voltou ao lugar que lhe corresponde. Sempre acreditei nisso, ele é bom demais", opinou. "Ele será um grande rival para Rafal no próximo ano, eu coloco sua rivalidade com Nadal no mesmo nível à de Federer".

Questionado sobre a demorada da nova geração em derrubar o Big 3, o treinador espanhol admite que há uma demora exagerada na substituição dos grandes nomes. "Os três somam 51 Slam, é algo incrível e é preciso se dar valor a isso. O tênis exige tempo para que a nova geração consiga suplantar a anterior, mas está acontecendo desta vez uma demora fora do normal", opinou.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis