Notícias | Dia a dia
Aos 33, Simon derrota 'zebra' e é tri em Metz
23/09/2018 às 12h50

Simon voltará ao top 30 do ranking

Foto: ATP

Metz (França) - O francês Gilles Simon usou toda sua experiência e capacidade sobre quadras duras para conquistar neste domingo o tricampeonato no ATP 250 de Metz. O veterano de 33 anos superou um primeiro set difícil e barrou a surpresa alemã Matthias Bachinger com as parciais de 7/6 (7-2) e 6/1.

Em sua 21ª final de nível ATP, Simon conquistou seu 14º troféu e o segundo da temporada, repetindo a boa campanha de Pune, em janeiro. Ele já havia faturado o ATP de Metz por duas vezes, em 2010 e 2013.

Número 39 do ranking, Simon conseguirá avançar 10 posições e retornará ao top 30. Ele já esetve entre os 10 primeiros do mundo, tendo atingido o sexto lugar em janeiro de 2009.

Bachinger, apenas 166º do ranking, veio do qualificatório e foi uma grande surpresa, inlcuindo virada na semifinal em cima do número 12 Kei Nishikori para atingir sua primeira final de nível ATP. Ele figurou no top 100 do ranking há sete anos e em toda sua carreira só ganhou 28 partidas de primeira linha. Quando chegou a Metz, só havia vencido uma na temporada em quatro tentativas.

Dono de forte saque e estilo agressivo, o alemão perdeu o saque no quinto game, mas reagiu no oitavo e chegou a ter três chances de fechar o set antes do tiebreak. Daí em diante o francês tomou conta da partida. Destaque para o 71% de aproveitamento de primeiro serviço de Simon, que perdeu apenas seis desses pontos e ainda anotou 10 aces.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis