Notícias | Dia a dia
Djokovic mira volta ao número 1, mas sem pressa
26/09/2018 às 09h59

Djokovic pode assumir a ponta na Ásia

Foto: Arquivo

Chicago (EUA) - O sérvio Novak Djokovic não esconde que brigar pela volta ao número 1 é uma de suas metas para esse final de temporada, mas apesar da vontade de querer liderar o ranking mais uma vez ele não faz questão de apressar as coisas. Podendo assumir a ponta nos torneios asiáticos, ele precisaria de um convite para o ATP 500 de Pequim.

“Estou em uma boa posição para me tornar o número 1 do mundo no final da temporada e acho isso um objetivo realista, mas é preciso pensar cuidadosamente no roteiro que farei nas próximas semanas”, comentou o atual terceiro colocado no ranking, que só se inscreveu no Masters 1000 de Xangai, para o Sportska Centrala.

Com a ausência do espanhol Rafael Nadal na parte asiática da temporada, ‘Nole’ poderia destronar o canhoto de Mallorca já nas próximas semanas, mas para isso precisaria obrigatoriamente disputar dois torneios, já que precisa somar mais do que os 1.000 pontos que levaria em Xangai no caso de um eventual título.

“Não sei ainda se vou jogar em Pequim. Quando eu voltar para a Europa vou decidir o que vou fazer, mas o que tenho claro é que eu quero passar um tempo com os meus filhos e minha família”, declarou o sérvio após sua participação na Laver Cup, em que ajudou o time europeu a conquistar o bicampeonato.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis