Notícias | Dia a dia
Em queda no ranking, Muguruza minimiza a situação
26/09/2018 às 19h36

Muguruza liderava o ranking há um ano e agora é a 14ª colocada

Foto: Divulgação

Wuhan (China) - Um ano depois de ter alcançado a liderança do ranking mundial, Garbiñe Muguruza aparece atualmente na 14ª colocação. A espanhola de 24 anos está ciente de seria muito difícil repetir os mesmos resultados da temporada passada e minimiza a preocupação com a perda de posições.

"Quando você vence algo grande e tem grandes objetivos, é sempre difícil quando você trabalha duro e não alcança esses resultados", disse Muguruza, que foi eliminada nas oitavas de final do WTA Premier de Wuhan após a derrota por 7/6 (7-3) e 7/6 (7-1) para a tcheca de 22 anos e 47ª colocada Katerina Siniakova.

"Mas você não pode ter esses resultados o tempo todo. Eu sei que é um processo. Às vezes você só tem que ficar humilde, começar do zero, fazer o básico e não ter muitas expectativas", acrescenta a espanhola que só venceu um torneio na temporada, em Monterrey, onde não enfrentou nenhuma top 40.

"Antes eu ficaria um pouco mais chateada. Não chateada, mas mais dramática sobre esse tipo de situação, talvez quando eu perdia um jogo ou quando aconteciam coisas assim. Este ano eu sabia que isso poderia acontecer", explica a campeã de Roland Garros em 2016 e de Wimbledon no ano passado.

"Eu sei que tenho talento e sei que estou jogando bem. Eu sei que isso vai acontecer novamente ainda que trabalhe duro. Então não estou me preocupando muito", complementa a ex-número 1 do mundo, que agora segue para a disputa do Premier de Pequim. Atual 15ª colocada na corrida para o WTA Finals, Muguruza tem poucas chances de ir a Cingapura.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis