Notícias | Dia a dia
Wild supera 105º do ranking e avança em Campinas
01/10/2018 às 20h52

Thiago Wild marcou sua segunda vitória em torneios challenger

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - Em seu primeiro compromisso desde a conquista do título do torneio juvenil do US Open, Thiago Wild marcou uma expressiva vitória pelo challenger de Campinas. Convidado para o torneio de US$ 50 mil no saibro da Sociedade Hípica, o paranaense de 18 anos derrotou o cabeça 3 boliviano Hugo Dellien, 105º do ranking, por 6/1, 5/7 e 6/4 em 2h01 de partida.

Esta é a segunda vitória em nível challenger na carreira de Thiago Wild. A anterior havia sido sobre o chileno Nicolas Jarry, então 99º colocado, em novembro do ano passado no Rio de Janeiro. O paranaense já disputou um ATP este ano, mas foi eliminado ainda na primeira rodada do Brasil Open, em São Paulo.

Nesta segunda-feira, Wild aparece com o melhor ranking da carreira, ao ocupar o 453º lugar. O jovem jogador de 18 anos não defende resultados nesta semana e deve superar seu recorde pessoal no ranking com os seis pontos já garantidos. Em caso de classificação às quartas, o paranaense receberá 15 pontos.

O próximo adversário de Wild no challenger campineiro virá da partida entre o paulista João Souza, o Feijão, jogador de 30 anos e é 408º do ranking, e o italiano de 26 anos e 376º colocado Fabrizio Ornago.

Wild sacou muito bem no set inicial, perdeu apenas três dos 14 pontos disputados com seu primeiro serviço e um total de apenas seis no saque durante a parcial. O paranaense também apostou em devoluções agressivas, de dentro da quadra, para conquistar duas quebras diante do adversário.

A vantagem de Wild aumentou no começo do segundo set, com uma quebra logo de cara, mas Dellien buscou a igualdade de imeditato. Os sacadores prevaleciam ao longo da parcial até o empate por 5/5. O paranaense teve três chances de quebra, mas não as aproveitou e acabou perdendo o saque logo na sequência.

Uma quebra no início do terceiro set recolocou Wild em vantagem. O paranaense não teria novas chances no serviço do adversário e enfrentou outros quatro break points ao longo da parcial decisiva. O jovem anfitrião fechava a porta na parcial decisiva com ótimos saques e fez cinco aces no set, terminando a partida com sete no total.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis