Notícias | Dia a dia
Ferrer afirma que Federer é o maior da história
03/10/2018 às 08h49

Ferrer disputa challenger em Monterrey

Foto: ATP

Monterrey (México) - O espanhol David Ferrer não tem dúvida: o suíço Roger Federer é o melhor tenista da história. Questionado sobre seus grandes adversários na carreira, o veterano espanhol foi direto. "Federer chega muito perto da perfeição e por isso é o melhor da história, seguido por Rafa Nadal", avaliou. Ferrer perdeu todos os 17 duelos diante do suíço.

O ex-top 3 do ranking disputa nesta semana o challenger de Monterrey e eliminou o australiano Thanasi Kokkinakis na estreia. Aos 36 anos, Ferrer fará uma curta temporada de despedida em 2019 por estar com uma lesão crônica no tendão de Aquiles.

"Tenho sempre boas recordações do México, joguei por muitos anos em Acapulco, onde ganhei quatro vezes. Passei muitas férias aqui e pedi minha mulher em casamento no México", lembrou.

Ferrer também falou do caso Serena Williams e não vê diferença de atitude entre os dois circuitos. "Não existe machismo no tênis, um dos poucos esportes em que as mulheres cobram o mesmo que os homens, e isso é genial. O que aconteceu com a Serena foi pura demagogia, basta ver que os homens levam muito mais multas disciplinares, exatamente porque nos comportamos pior dentro de quadra".

Perguntado sobre as mudanças na Copa Davis, ele se mostrou favorável: "Uma mudança radical sempre provoca reações negativas. O calendário é muito difícil, leva a muitas lesões e creio que concentrar a Davis numa única semana irá valorizar a competição".

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis